Search icone
Permuta de Trabalhos Acadêmicos
Garantias
Leia mais sobre as nossas garantias.

Degradação ambiental x educação ambiental

Informações sobre o autor

A
Nível
Especializado
Estudo seguido
A

Informações do trabalho

Benedita R.
Data de Publicação
Idioma
português
Formato
Word
Tipo
estudo dirigido
Número de páginas
6 páginas
Nível
Especializado
Consultado
262 vez(es)
Validado por
Comitê Facilitaja
0 Avaliaçao cliente
0
escrever um comentário
  1. Introdução
  2. Educação ambiental
  3. O que é e como ocorre a degradação ambiental
  4. Uso inconsequente dos recursos naturais
  5. A influência da degradação ambiental na ascensão e no declínio das socidades
    1. Exemplos de povos que tiveram sucesso e povos que fracassaram
  6. Ocorrências atuais advindas da desatenção com o futuro
  7. A tecnologia pode salvar a civilização

A espécie humana começou o século XX com uma população de cerca de muitos milhões de habitantes e com a biodiversidade total de genes, espécies e ecossistemas provavelmente num dos seus melhores momentos, uma vez que tínhamos uma oferta garantida de recursos biológicos disponíveis para o sustento de todo um processo de desenvolvimento. Nos dias atuais, o que podemos observar é uma limitação de recursos biológicos para atender a uma explosão demográfica de cerca de seis milhões de habitantes cada vez mais carentes desses recursos (http://www.conhecimentosgerais.com.br)
No entanto, já se observa uma preocupação crescente por parte de nossos governantes, industriais, instituições de pesquisas, público em geral e outras para a destruição dos recursos naturais, compreendendo que sua manutenção é essencial para o desenvolvimento sustentável.
Faz-se necessário estimular a conscientização de nossa atual geração para a preservação ambiental tornar-se indispensável para que as futuras não venham sofrer com a escassez, muito embora saibamos que se trata de um processo lento e insuficiente para inverter a grande e crescente destruição do ambiente, acreditamos ser um dos grandes desafios manter a educação ambiental vinculada à qualidade de vida e condições mínimas de sobrevivência.

[...] Vale ressaltar que a exemplo do Japão, observamos que é possível fazer uso dos recursos naturais de forma sustentável em meio a uma sociedade extremamente capitalista. A conscientização de toda a comunidade industrial deve ser levada em conta como um dos passos iniciais para a educação ambiental. Em contrapartida, se houver investimento mesmo que pequeno de cada empresa no tratamento de resíduos industriais teria uma melhora significativa na qualidade de vida. Por outro lado citamos apenas a título de comparação uma estimativa de consumo médio do que o mundo gasta atualmente em relação ao padrão de vida da população da Califórnia. [...]


[...] Educação ambiental significa multidisciplinaridade, mudança primeiramente do pensar e consequentemente do agir individual para que a mudança sonhada por muitos ambientalistas e pessoas que já adquiriram tal visão ocorra efetivamente. Tem que existir o aprendizado a respeito da ecologia, tomada da consciência de que o ser humano não é contemplador da natureza, mas sim um agente ativo que pode interferir positiva ou negativamente no globo terrestre; a revisão do papel social; a unir entre questão ambiental e questão histórica de cada povo, de cada comunidade O QUE É E COMO OCORRE A DEGRADAÇÃO AMBIENTAL A abordagem de como a degradação ambiental é resultado de todo um processo de inconscientização do homem no que concerne a utilização de tudo aquilo que a natureza oferece em detrimento de modificações inseridas no meio ambiente quase que sempre causada pela atividade humana quando do uso do que lhe dispõe a natureza. [...]

Últimos trabalhos ecologia/meio ambiente

Engenharia e sustentabilidade: O que fazer pelo Brasil sustentável neste mundo globalizado

 Sociedade   |  Ecologia & meio ambiente   |  Estudo   |  02/06/2011   |  BR   |   .doc   |   10 páginas

Crimes Ambientais e o Meio Ambiente

 Sociedade   |  Ecologia & meio ambiente   |  Estudo   |  18/05/2011   |  BR   |   .doc   |   13 páginas