Search icone
Permuta de Trabalhos Acadêmicos
Garantias
Leia mais sobre as nossas garantias.

Treinamento desportivo: revisão de literatura

Informações sobre o autor

SEM - EDUCADOR - SEM
Nível
Especializado
Estudo seguido
EDUCADOR -...

Informações do trabalho

ANA A.
Data de Publicação
Idioma
português
Formato
Word
Tipo
dissertação
Número de páginas
14 páginas
Nível
Especializado
Consultado
55 vez(es)
Validado por
Comitê Facilitaja
0 Avaliaçao cliente
0
escrever um comentário
  1. Treinamento desportivo

Nos últimos anos, novos recursos, metodologias e pesquisas, estão sendo utilizados para fundamentar e dar cientificidade ao treinamento desportivo (SILVA, RODRIGUEZ-AÑEZ, 2002, p.30).
Como uma estrutura lógica o treinamento desportivo é a organização para a aplicação dos métodos científicos de treinamento, que visam por meio de mecanismos pedagógicos, atingirem o mais alto rendimento humano, nos aspectos e características técnicas, físicas, psicológicas, sociais e espirituais do indivíduo ou da equipe esportiva
(CHIESA, s.d, p.1). Sendo o treinamento desportivo considerado como um processo organizado que tem por base princípios científicos que estimula modificações fisiometabólicas e morfológicas aprimorando o nível de aptidão física e/ou funcional do individuo submetido ao treinamento (SILVA, 2007, p.1).
Princípios estes que mantém uma estreita relação com as ciências biológicas particularmente com a fisiologia e a bioquímica as quais tem contribuído de forma fundamental para que sejam dosadas as cargas de treinamento e o controle do processo de desenvolvimento dos desportistas durante os treinamentos desportivos (CASAL, 2000, p.38).
Porém como toda e qualquer atividade o treinamento desportivo necessita de normas para uma conduta racional de aplicação. E no caso especifico do treinamento desportivo estas normas foram desenvolvidas com base em seis princípios relacionados com a constituição física humana e com as respostas orgânicas aos estímulos aplicados. Sendo eles divididos basicamente em: Princípio da individualidade biológica, da adaptação, da sobrecarga, da continuidade/reversibilidade, interdependência volume X intensidade e o principio da especificidade dos movimentos (CHIESA, s.d, p.1 ).
Além destas normas Costa; Nascimento (2004, p.50) relatam que durante a estruturação do treinamento técnico desportivo, algumas variáveis como a estrutura temporal, a freqüência com que se apresenta, os exercícios e a precisão devem ser consideradas também.
Uma vez que existem diferentes modalidades de desempenho esportivo, as quais tem como objetivo a ser alcançado pelo treinamento esportivo, uma seqüência complexa de ações
esportivas referentes a diferentes formas de ações esportivas relacionadas ao treinamento que vão além das relacionadas a competição, como as atividades relacionadas: Aos desempenhos esportivos no processo de treinamento, em aulas de esporte ou de educação física que tenham por conteúdo atividades esportivas, de lazer, como os aspectos sociais e os relacionados à saúde, atividades de reabilitação sendo estes modelos de desempenho esportivo que foram desenvolvidos e/ou elaborados com o objetivo de representar a estrutura do atleta afim de se alcançar o mais alto nível esportivo (BÖHME, 2003, p.100).
Sendo assim o presente trabalho tem por objetivo fazer uma breve revisão de literatura sobre o treinamento desportivo, conceituando o que é o treinamento, demonstrar os seus e princípios e a sua aplicabilidade na área de educação física.

2 METODOLOGIA

Para está revisão de literatura priorizaram ? se os artigos, livros e periódicos eletrônicos publicados em datas compreendidas entre 1997 e 2008, pesquisados na biblioteca da UNIPAR- Universidade Paranaense, Campus Sede e nas seguintes bases de dados eletrônicos e site de busca de acesso livre e gratuito: Scielo, Bireme e Google. Como estratégia de busca, utilizou-se os seguintes termos: treino desportivo, treinamento desportivo, desporto, esporte e princípios do treinamento desportivo . Buscando-se ainda publicações que apresentavam dados referentes ao assunto em questão.

[...] Treinamento Contínuo Intensivo: utilizando essa modalidade, a duração da atividade, normalmente corrida, gira em torno de 30 a 60 min e a intensidade é entre 91% e 97% da velocidade de corrida atingida no limiar ventilatório dois (LV2). Treinamento Contínuo extensivo: utilizando essa modalidade, a duração da atividade, normalmente corrida, é superior a 60 min e a intensidade deve girar entre 85% e 90% da velocidade de corrida atingida no LV 2 Treinamento Intervalado: A característica principal deste método é a repetição de uma séries de períodos de exercícios alternados com períodos de repouso ou intervalos de recuperação (ativo ou passivo). [...]


[...] Nesse sentido, a organização das cargas de treinamento ao longo de um ciclo de duração determinada (por exemplo, um ano) torna-se um ponto relevante, e tem sido elaborada de acordo com diferentes modelos propostos na literatura ?modelo de periodização? destinados a populações específicas (BORIN; PRESTES; MOURA p.6). A seguir conforme apresentaremos alguns pontos importantes relacionados ao processo do treinamento desportivo conforme informações obtidas no site vertorial.net que levam em conta o controle da velocidade durante o treinamento desportivo, e os aspectos relacionados ao controle de carga durante o treinamento e como estes aspetos se processam metodologicamente. [...]


[...] Com isso, os treinadores e preparadores têm aumentado sobremaneira a carga de treinamento ?treinamento esportivo?(HOSHINO; SONOO; VIEIRA p.77). Conforme Alves (2007) a evolução do treinamento desportivo tem uma relação direta com a história dos jogos olímpicos. Uma vez que estes jogos sempre foram à vitrine do sucesso e do fracasso de um atleta. Assim de acordo com este mesmo autor a cada olimpíada o mundo, tomava e toma conhecimento de novas técnicas e métodos de treinamentos, diferenciando, cada vez mais, o atleta vencedor do perdedor Princípios do Treinamento Desportivo Por ser o treinamento desportivo/esportivo um processo organizado com base em princípios científicos que estimula modificações fisiometabólicas e morfológicas que aprimoram o nível de aptidão funcional do individuo (SILVA p.1). [...]

Últimos trabalhos educação física

Avaliação Física Escolar: Uma Identidade Urgente Para A Prática Da Educação Física

 Sociedade   |  Educação física   |  Artigo   |  08/12/2010   |  BR   |   .doc   |   4 páginas

Futsal como tema na educação física escolar

 Sociedade   |  Educação física   |  Estudo   |  27/02/2010   |  BR   |   .doc   |   11 páginas