Search icone
Permuta de Trabalhos Acadêmicos
Garantias
Leia mais sobre as nossas garantias.

Exercícios físicos como medida terapêutica na hipertensão arterial: efeitos agudos e crônicos

Informações sobre o autor

Consultoria - Consultoria - Gerência de Recursos Humanos
Nível
Especializado
Estudo seguido
Mestrado...

Informações do trabalho

Marta O.
Data de Publicação
Idioma
português
Formato
Word
Tipo
estudo de caso
Número de páginas
23 páginas
Nível
Especializado
Consultado
3 vez(es)
Validado por
Comitê Facilitaja
0 Avaliaçao cliente
0
escrever um comentário
  1. Introdução
  2. Hipertensão arterial
    1. Sistema nervoso autônomo (simpático)
    2. Mecanismos Renais
    3. Prevalência de Hipertensão no Brasil
    4. Prevalência do tratamento e sucesso terapêutico
  3. Exercícios físicos na terapia da hipertensão arterial
    1. Considerações gerais
    2. Atividade Física
    3. O exercício físico
    4. Esporte
    5. Prática de Exercícios
    6. A classificação dos efeitos do exercício físico
    7. Tipos de exercícios
  4. Sugestões
  5. Considerações finais
  6. Referências

Com este estudo procurou-se conhecer melhor as características da pressão arterial bem como os efeitos agudos e crônicos do exercício físico na hipertensão arterial. O exercício físico provoca uma série de respostas fisiológicas, resultantes de adaptações autonômicas e hemodinâmicas que vão influenciar o sistema cardiovascular. Diversos estudos demonstraram o seu efeito benéfico sobre a pressão arterial. Sendo a hipertensão arterial sistêmica uma entidade de alta prevalência e elevada morbimortalidade na população, o exercício físico tem importante papel como elemento não medicamentoso para o seu controle ou como adjuvante ao tratamento farmacológico.

[...] Entre os hipertensos têm sido demonstrada que o treinamento físico diminui significativamente a pressão arterial de repouso, em média na ordem de 10 mmHg, tanto da pressão sistólica quanto da diastólica, nos casos de HAS leve A classificação dos efeitos do exercício físico Os efeitos fisiológicos do exercício físico podem ser classificados em agudos imediatos, agudos tardios e crônicos (MONTEIRO, SOBRAL p.513; THOMPSON, 2001,p.438) Efeitos agudos Imediatos Os efeitos agudos, também denominados respostas, são aqueles que acontecem em associação direta com a sessão de exercício e podem ser subdivididos em imediatos ou tardios. [...]


[...] SHOJI, Vivian Maria, FORTAZ, Claudia Lúcia de Moraes.Treinamento Físico na Hipertensão Arterial - Revista Soc Cardiol Estado de São Paulo VOL 10 nº 6 (supl Nov/Dez 2000 - pag 07~ LAURENTI, R. Epidemiologia das doenças cardiovasculares no Brasil. Arq. Bras. Cardiol, 38: 243- [ Lilacs ] 13. LESSA, I. Estudos brasileiros sobre a epidemiologia da hipertensão arterial: análise crítica dos estudos brasileiros. Inf. Epidemiol. SUS, 59-75, 1993a LESSA, I. Epidemiologia da assistência médica e impacto econômico e social das doenças cardiovasculares e do diabetes mellitus. [...]


[...] Sendo a hipertensão arterial sistêmica uma entidade de alta prevalência e elevada morbimortalidade na população, o exercício físico tem importante papel como elemento não medicamentoso para o seu controle ou como adjuvante ao tratamento farmacológico (SOCIEDADE BRASILEIRA DE HIPERTENSÃO, 2002) EXERCÍCIOS FÍSICOS NA TERAPIA DA HIPERTENSÃO ARTERIAL 3.1 Considerações gerais Tendo a apreensão de conhecimentos sobre a Hipertensão arterial, é preciso saber o que estudam alguns pesquisadores, sobre o exercício físico na terapia da Hipertensão arterial, assunto a ser tratado no próximo tópico. [...]

Últimos trabalhos educação física

Avaliação Física Escolar: Uma Identidade Urgente Para A Prática Da Educação Física

 Sociedade   |  Educação física   |  Artigo   |  08/12/2010   |  BR   |   .doc   |   4 páginas

Futsal como tema na educação física escolar

 Sociedade   |  Educação física   |  Estudo   |  27/02/2010   |  BR   |   .doc   |   11 páginas