Search icone
Permuta de Trabalhos Acadêmicos
Garantias
Leia mais sobre as nossas garantias.

Benefícios da atividade física para a terceira idade

Informações sobre o autor

 
Nível
Avançado
Estudo seguido
educação...
Faculdade
Centro...

Informações do trabalho

Harald C.
Data de Publicação
Idioma
português
Formato
Word
Tipo
estudo
Número de páginas
18 páginas
Nível
avançado
Consultado
4 vez(es)
Validado por
Comitê Facilitaja
0 Avaliaçao cliente
0
escrever um comentário
  1. Introdução
  2. Objetivos
    1. Objetivo geral
    2. Objetivo específico
  3. Referencial teórico
    1. Cuidados com o indivíduo na terceira idade
  4. Benefícios
    1. Benefícios gerais ao público idoso
    2. Benefícios específicos
    3. Benefícios físicos fisiológicos
    4. Benefícios específicos para portadores de diabetes
    5. Benefícios Psicossociais
  5. Educação Física Gerontológica
  6. Metodologia

Ao iniciar meu Trabalho de Conclusão do Curso de Educação Física gostaria deixar claro que, não pretendo aqui expor todos os métodos que envolvam a prática de atividades físicas para a terceira idade, mas demonstrar alguns caminhos que, com certeza, trarão benefícios ímpares ao praticante dessa atividade. É imprescindível nos dias atuais, que falemos na prática salutar de atividades para o desenvolvimento e manutenção da saúde dessa população, muitas das vezes, esquecidas pelo sistema vigente. Falar de terceira idade nos remete a ?lendas e mitos? sobre velhos e indivíduos imprestáveis. Em meio a uma população que vive mais, torna-se de grande valia e exigência atualíssima, o estudo do que me proponho neste Trabalho. Quiçá que estivéssemos sempre alerta para podermos debater de maneira franca e não preconceituosa este que é um assunto que rende inúmeros periódicos e mesas redondas. O envelhecimento é parte integrante de nossas vidas e estamos fadados a enfrentá-lo de qualquer maneira. Podemos encará-lo de maneira triste e revolta e então nos entregarmos a um processo de degradação, não só corpórea, mas também espiritual, ou então podemos mergulhar em uma velhice desafiadora e feliz com práticas que façam com tenhamos uma qualidade vida maior e melhor. Esse é o meu objetivo, mostrar que ainda há qualidade de vida na terceira idade e podemos fazer com que ela seja um integrador de pessoas e indivíduos em uma relação de melhoria. Procurei levar àqueles que se fizerem leitor deste trabalho que a vida não cessa em virtude de chegarmos a idades mais avançadas e que a contribuição do meu público-alvo ao mundo e a sociedade ainda se faz altamente necessária.

[...] Metodologia 6.1 Objeto de estudo O presente trabalho teve como objeto de estudo a análise do tópico ?Benefícios da atividade Física para a terceira idade?, tendo como retórica a analise de referenciais científicos que visem mostra a importância do tema, que é de suma importância, contribuindo para um melhor entendimento no que concerne ao envelhecimento com uma melhor qualidade de vida Tipo de pesquisa No desenvolvimento deste trabalho o recurso do método de revisão bibliográfica e suas vertentes foi o escolhido, sendo o material coletado para a confecção do mesmo, discriminado e constando das referências bibliográficas. [...]


[...] A elaboração de um programa de atividade física para a terceira idade deve levar basicamente em consideração o preparo para que o idoso possa cumprir suas necessidades básicas diárias (necessidades impostas pelo cotidiano), ou seja, tentar impedir que o idoso perca a sua auto- suficiência, através da manutenção de sua saúde física e mental. Antes de se iniciar a prática de exercícios com idosos é necessário que o mesmo faça uma avaliação médica. Sabe-se que o tipo de atividade física ideal (envolve variáveis tais como: atividade mais adequada, freqüência, intensidade de trabalho), é determinada por variáveis que vão desde os hábitos de vida (fumante, tipo de alimentação, presença ou não de atividade física atual) até os fatores geneticamente herdados. [...]


[...] Finalmente, conclui-se que exercícios, quaisquer que sejam eles, e dentro dos parâmetros apresentados aqui, tendem a aliviar situações depreciativas em que a população de terceira idade esteja enfrentando, seja de caráter médico, psicossomático, social ou outros em que ela possa estar envolvida. É necessário demonstrar o grande nuance de possibilidade que estão ligados á pratica de atividades, não só de caráter meramente físico, mas também o lúdico e o de lazer para desenvolvimento das interações desses indivíduos nessa faixa-etária. Como profissionais que lidam com a manutenção e o aumento da o Educador Físico que adentra ao campo gerontológico, deverá abster-se, primordialmente de conceitos que possam estar em sua bagagem formativas e empenhar-se para uma nova maneira de estruturar-se em volta de novos conceitos e sistematizações que visem um amplo domínio das ações que possam vir a serem realizadas isso devido ao fato desta faixa etária requerer trabalhos que exigem do profissional aquele ?algo não apenas no trato e relacionamento, mas, também, no que diz respeito ao conhecimento das inumaras facetas que envolvem o tema como as de cunho patológicos e de caráter de interação psicossocial. [...]

Estes documentos podem interessar a você

Dança na terceira idade

 Sociedade   |  Educação física   |  Monografia   |  23/07/2007   |  BR   |   .doc   |   19 páginas

Montagem de um programa de musculação para diferentes objetivos: revisão de literatura

 Sociedade   |  Educação física   |  Estudo dirigido   |  04/10/2008   |  BR   |   .doc   |   12 páginas

Últimos trabalhos educação física

Avaliação Física Escolar: Uma Identidade Urgente Para A Prática Da Educação Física

 Sociedade   |  Educação física   |  Artigo   |  08/12/2010   |  BR   |   .doc   |   4 páginas

Futsal como tema na educação física escolar

 Sociedade   |  Educação física   |  Estudo   |  27/02/2010   |  BR   |   .doc   |   11 páginas