Search icone
Permuta de Trabalhos Acadêmicos
Garantias
Leia mais sobre as nossas garantias.

Desenvolvimento da escrita

Informações sobre o autor

 
Nível
Avançado
Estudo seguido
informática
Faculdade
UnP

Informações do trabalho

Brunno M.
Data de Publicação
Idioma
português
Formato
Word
Tipo
dissertação
Número de páginas
20 páginas
Nível
avançado
Consultado
1 vez(es)
Validado por
Comitê Facilitaja
0 Avaliaçao cliente
0
escrever um comentário
  1. Desenvolvimento da escrita

O presente trabalho destaca a nossa preocupação com relação ao processo de construção da escrita na alfabetização, pois sabemos que são muitas as dificuldades encontradas pelas crianças na aquisição da escrita nas séries iniciais do Ensino Fundamental.
Essa inquietação surgiu mediante o desejo de conhecer de forma mais profunda um tema/problema inerente à realidade escolar e propor alternativas com soluções para a melhoria do ensino aprendizagem.
Deixa claro que as estatísticas estão mostrando que apesar de uma variedade de mudanças no cenário educacional, uma parcela dos discentes continua sendo aprovados de uma série para outra sem conseguir apropriar-se da escrita sistemática.
Sabemos que o processo de alfabetização constitui-se algo extremamente complexo, por isso deve ser planejado, refletido, e se possível discutido coletivamente por todos os componentes da escola. Neste contexto, o professor enquanto agente de transformação e inovador do processo ensino-aprendizagem precisa realizar ações concretas na sala de aula, possibilitando ao aluno reconhecer-se como sujeito que aprende a ler e escrever que é capaz de construir e reconstruir sua própria história.
É necessário ressaltar que o tema alfabetização tem sido amplamente estudado, pelas diferentes áreas do conhecimento e as pesquisas que procuram analisá-lo ao contexto escolar priorizando uma análise qualitativa de sala de aula, tem trazido contribuições para se entender o desenvolvimento do processo de aquisição da língua escrita. Mas na concepção da escrita como objeto cultural que se constitui e adquire sentido no espaço social, levou-nos a investigar o modo como o social interage com fatores cognitivos e afetivos.
Com esse objetivo a escrita da criança expressa as inter-relações das funções cognitivas e afetivas nas suas relações com o meio. Essa tripla interação, entre os fatores sociais, cognitivos e afetivos, acarreta uma diversidade no processo de elaboração da língua escrita. Nesse sentido não é possível pensar em um desenvolvimento linear e homogêneo, mas num conjunto de inter-relações.
A escrita como objeto cultural tem lugar na aparência social da vida cotidiana através de seus diferentes usos e funções. Considerada como um processo em construção, a elaboração da língua escrita supõe relações concretas que envolvem a criança, o agente pedagógico, o conhecimento e o lócus institucional.
Vale salientar que tivemos a oportunidade de interagir diretamente com educadores qualificados, que tiveram uma postura responsável e de competência, nos ajudando em todas as dúvidas que vinham a surgir no decorrer deste curso.
Acreditamos que foram momentos de dificuldades que nos fizeram aprender e nos aperfeiçoar cada vez mais, enquanto futuros educadores. Por isso o tema do trabalho de conclusão de curso, terá como título ?A Escrita no Processo de Alfabetização nas Séries Iniciais do Ensino Fundamental?, de compartilhada e individual, levando-nos a utilizar a nossa criatividade, oportunizando-nos a criticar, defender idéias, dirimir dúvidas, e, a partir desse ponto, nos despertou a idéia de elaborar uma proposta que venha contribuir para um desenvolvimento investigador em relação a aquisição da escrita em salas de alfabetização.
Desse modo, compreendemos que é nas séries iniciais do ensino fundamental que as crianças necessitam de um acompanhamento mais específico tanto do professo, quanto da família.
Portanto, a escolha do tema tem como objetivo contribuir para um novo repensar dessa prática pedagógica, facilitando para que o educador possa utilizar esse trabalho como fonte de estudos.
Logo espera-se com este estudo que os educadores que dele necessitarem para fazer estudos e melhorar suas práticas educativas em relação ao ensino e aprendizagem da escrita nas séries iniciais do Ensino Fundamental.

[...] 60) enfatiza que: O papel do adulto (inclusive o professor) deve ser o de possibilitar o desenvolvimento da escrita, criando condições estimuladoras e conflitos cognitivos (situações em que a criança percebe contradições entre suas hipóteses e os princípios da escrita convencional) para que ela descubra por si mesma as chaves secretas do sistema alfabético. Assim sendo, Vygotsky considera que o ingresso na escola representa para as crianças um novo tipo de relação com a escrita que, além de ser intensificada, passa a ser sistematizada. [...]


[...] Como já enfoca Luria (1999 p.164-8), que: Em nossos experimentos havia um sério fator que poderia influenciar o desenvolvimento da escrita na criança: o conteúdo que lhe era apresentado. Variando este, poderíamos perguntar-nos que mudanças no conteúdo apresentado eram condições para induzir uma transição primária para escrita diferenciada, descritiva? ( ) Dois fatores primários podem levar a criança de uma fase não diferenciada de atividade gráfica para um estagio de atividade gráfica diferenciada. Esses fatores são número e forma . [...]


[...] É de grande valia, para o professor, realizar essas sondagens no decorrer do ano no mínimo três vezes isso permite conhecer a evolução ?histórica? da escrita dos alunos, trata-se de uma avaliação diagnóstica do processo de aprendizagem do sistema alfabético. É importante que o professor registre a escrita e a leitura do aluno, bem como outras informações que julgue relevantes, em uma folha à parte. O que geralmente acontece quando as crianças ingressam na escola? Nas séries iniciais, elas são submetidas a inúmeras atividades de preparação para a escrita, em geral copia ou ditado de palavras que já foram memorizadas. [...]

Estes documentos podem interessar a você

O desenvolvimento da antropologia social

 Sociedade   |  Sociologia   |  Estudo   |  08/06/2007   |  BR   |   .doc   |   8 páginas

As perspectivas diante do letramento da alfabetização vistos como um processo

 Sociedade   |  Educação   |  Estudo dirigido   |  25/07/2007   |  BR   |   .doc   |   17 páginas

Mais Vendidos educação

A ética da educação

 Sociedade   |  Educação   |  Estudo   |  14/03/2007   |  BR   |   .doc   |   5 páginas

Cronologia educação no mundo no Brasil de 1500 a 2007

 Sociedade   |  Educação   |  Estudo   |  27/03/2008   |  BR   |   .pdf   |   96 páginas