Search icone
Permuta de Trabalhos Acadêmicos
Garantias
Leia mais sobre as nossas garantias.

O teatro como prática na educação formal

Informações sobre o autor

A
Nível
Especializado
Estudo seguido
A

Informações do trabalho

Marta O.
Data de Publicação
Idioma
português
Formato
Word
Tipo
dissertação
Número de páginas
10 páginas
Nível
Especializado
Consultado
66 vez(es)
Validado por
Comitê Facilitaja
0 Avaliaçao cliente
0
escrever um comentário
  1. Introdução
  2. O que é teatro
    1. Primórdios
    2. A tragédia grega
  3. Criatividade, imaginação e arte
  4. Teatro e educação

Teatro, em sua origem etimológica, significa lugar de onde se vê (Houaiss, 2001). Ele tem, na ação dramática, a sua matéria prima. Criar é dar existência a algo, produzir, inventar. Uma pessoa criativa é capaz de inovar, criar coisas novas e adaptar-se a elas.
Imaginar é conceber, criar, fantasiar, inventar, a partir da combinação de idéias. Logo, teatro, criatividade e imaginação caminham juntos. A linguagem teatral sempre foi um instrumento utilizado pelo homem para expressar seus sentimentos, sua história, suas crenças e rituais e, até mesmo, para ensinar, doutrinar. Nesse sentido, a criatividade e a imaginação se fazem presentes em todo o processo da evolução humana, contribuindo para mudanças e transformações.
Em sua origem ritualística, nas sociedades primitivas, o homem utilizava a representação cênica como forma de dominar as forças ocultas das quais dependia (os fenômenos da natureza, por exemplo). Mais tarde, esse caráter ritualístico deu lugar às características mais educacionais. O teatro atende, então, à necessidade de recriar sua realidade, transcender limites.
A atividade teatral, na escola, faz com que a auto-estima do aluno cresça, bem como a confiança em si próprio, pois caminha pela via da emoção e da afetividade. Através das artes cênicas, o aluno tem possibilidade de liberar sua personalidade pela espontaneidade, pois ele é estimulado a criar. A expressão dramática se dá quando há uma percepção do mundo exterior através das imagens que habitam o mundo interior. Na busca do ?eu?, o aluno se expressa, se revela.
O objetivo deste trabalho é mostrar que a atividade teatral em sala de aula pode auxiliar no desenvolvimento e aprimoramento da imaginação e criatividade dos alunos, apresentando as possibilidades que as artes cênicas têm de desenvolver a espontaneidade, através da imaginação e da criatividade, tomando por base as origens do teatro, a criatividade e a imaginação e os objetivos do teatro na escola.

[...] O teatro, na sua forma primitiva, invocava impulsos vitais, primários, poderes de magia, conspiração e meta-morfose; chegava mesmo à personificação dos recursos da natureza. O sentido desse ritual era justamente a necessidade de se comunicar, conversar com os deuses, para resolver desde os problemas mais corriqueiros até os mais graves. Foi assim que fundamos a civilização através dos rituais do teatro, a arte do teatro como necessidade primordial (Boal p. XII). As necessidades da vida e as concepções religiosas condicionavam a forma e o conteúdo da expressão teatral. [...]


[...] O ato criativo origina-se na luta do ser humano contra e com aquilo que o limita. É através da diversão que o indivíduo torna-se criativo, descobrindo, assim, o seu ser mais profundo. Criar não representa um relaxamento ou esvaziamento pessoal, nem uma substituição imaginativa da realidade; criar representa uma intensificação do viver, um vivenciar- se no fazer, em vez de substituir a realidade, é a realidade; é uma realidade nova que adquire dimensões novas pelos fatos de nos articularmos, em nós e perante nós mesmos, em níveis de consciência mais elevados e mais complexos. [...]


[...] Entende e aprende com a história (p.13) A Tragédia Grega Toda a base do teatro ocidental tem sua herança na tragédia grega, onde a representação era ?sagrada?. A figura do ator, o texto, as máscaras, os cenários, são referências para o estudo dessa arte tão antiga. Mas de onde veio tudo isso? De acordo com estudos de inúmeros teóricos, a tragédia grega tem origem na poesia incorporada ao canto e à dança; na ligação do homem com os deuses, numa relação de troca (dar e receber). [...]

Estes documentos podem interessar a você

Cultura e ensino - o lugar do folclore na educação

 Sociedade   |  Educação   |  Dissertação   |  16/09/2009   |  BR   |   .doc   |   27 páginas

Mais Vendidos educação

A ética da educação

 Sociedade   |  Educação   |  Estudo   |  14/03/2007   |  BR   |   .doc   |   5 páginas

Cronologia educação no mundo no Brasil de 1500 a 2007

 Sociedade   |  Educação   |  Estudo   |  27/03/2008   |  BR   |   .pdf   |   96 páginas