Search icone
Permuta de Trabalhos Acadêmicos
Garantias
Leia mais sobre as nossas garantias.

Reflexão - ação das práticas corporais lúdicas no recreio: estudo de caso

Informações sobre o autor

Consultoria - Consultoria - Gerência de Recursos Humanos
Nível
Especializado
Estudo seguido
Mestrado...

Informações do trabalho

Marta O.
Data de Publicação
Idioma
português
Formato
Word
Tipo
estudo de caso
Número de páginas
29 páginas
Nível
Especializado
Consultado
308 vez(es)
Validado por
Comitê Facilitaja
0 Avaliaçao cliente
0
escrever um comentário
  1. Considerações sobre o recreio e a criança
    1. Análise da realidade do recreio nas escolas
    2. A importância dos brinquedos na escola
    3. Jogos e brinquedos - sugestões e utilização
    4. Sociologia do lazer
    5. Brincadeira, interação social e desenvolvimento infantil
    6. O brincar na escola
    7. Dinâmicas de recreação e integração
  2. Metodologia
    1. Descrição da população
    2. Instrumento de medida
    3. Material
    4. Aplicação metodológica
  3. Resultados e discussão
    1. Situação do pátio
    2. Resultados relativos ao comportamento social das crianças
    3. A questão dos ''territórios''
  4. Conclusão

Este trabalho teve por objetivo realizar um estudo sobre as formas de interação entre crianças escolares e desenvolver uma programação de atividades lúdicas para serem executadas no pátio de uma escola estadual nos horários de recreio. Aproximadamente 200 crianças na faixa etária compreendida entre os 7 e 12 anos foram participantes deste estudo, que como sondagem teve a duração de um bimestre. Os resultados mostraram que a proposta colocada em prática atendeu às expectativas, destacando-se, entre outros: 1) o crescimento no índice de participação das crianças à medida que as sessões de brincadeiras eram oferecidas; 2) a progressiva participação de meninas em brincadeiras tidas como masculinas e a participação de menino em brincadeiras rotuladas como femininas; 3) a progressiva permanência de meninas em áreas do pátio antes freqüentadas exclusivamente por meninos e vice-versa; 4) a ocorrência de interações entre os sexos e entre crianças que não se conheciam; 5) o aumento da cooperação entre os grupos durante as brincadeiras; 6) os relatos de professores indicando melhoras no comportamento dentro da sala de aula após o recreio; 7) a diminuição acentuada dos comportamentos anti-sociais observados no pré teste.

[...] Se estivesse claro para nós, que foi aprendendo que percebemos ser possível ensinar, teríamos entendido com facilidade a importância das experiências informais nas ruas, nas praças, no trabalho, nas salas de aula das escolas, nos pátios dos recreios, em que variados gestos de alunos, de pessoal administrativo, de pessoal docente se cruzam cheios de significação?. (Paulo Freire, 1997). Esse estudo - projeto teve uma receptividade bastante grande, tanto por parte da escola, como da comunidade escolar (pais e alunos) . [...]


[...] Estes, entretanto, têm sido estudados mais no que tange a aprendizagem acadêmica, ficando outras áreas em descoberto Dinâmicas de Recreação e Integração Segundo Fritzen (1985), as chamadas DINÂMICAS DE RECREAÇÃO E INTEGRAÇÃO se encaixam no campo das Relações Humanas e servem para: - integrar a pessoa no meio social - desenvolver o conhecimento mútuo e a participação grupal. - a busca da convivência com colegas da mesma idade. - desenvolver ocupação para o tempo ocioso - adquirir hábitos de relações interpessoais - desinibir e desbloquear - desenvolver a comunicação verbal e não-verbal - descobrir habilidades lúdicas - desenvolver adaptação emocional - descobrir sistemas de valores - dar evasão ao excesso de energia e aumentar a capacidade mental Propostas de atuação no recreio - Criação de uma brinquedoteca. [...]


[...] Cada letra desta palavra será, na ordem, a inicial das palavras de um telegrama que todos os participantes devem redigir, pelo espaço de cinco minutos METODOLOGIA 3.1 Descrição da População Este estudo foi desenvolvido em uma escola pública de 1º grau com o objetivo de implantar as atividades extra-classes e animação do recreio escolar no período vespertino para o Ciclo Básico de Alfabetização (C.B.A ) e alunos da 5ª série do primeiro grau. A população alvo escolhida foram alunos do Ciclo Básico de Alfabetização (1ª a 4ª série) e alunos da 5ª série do primeiro grau, aos quais aplicou-se um programa de atividades cujo tema foi animação do recreio escolar Instrumento de Medida Foi utilizado um teste de avaliação para o programa das atividades, onde os alunos indicaram suas atividades preferidas para o recreio (anexo I). [...]

Mais Vendidos educação

A ética da educação

 Sociedade   |  Educação   |  Estudo   |  14/03/2007   |  BR   |   .doc   |   5 páginas

Cronologia educação no mundo no Brasil de 1500 a 2007

 Sociedade   |  Educação   |  Estudo   |  27/03/2008   |  BR   |   .pdf   |   96 páginas

Últimos trabalhos educação

Literatura Infantil em Sala de Aula

 Sociedade   |  Educação   |  Estudo   |  03/07/2013   |  BR   |   .doc   |   10 páginas

Literatura Infantil

 Sociedade   |  Educação   |  Estudo   |  18/06/2013   |  BR   |   .doc   |   9 páginas