Search icone
Permuta de Trabalhos Acadêmicos
Garantias
Leia mais sobre as nossas garantias.

Educar e cuidar crianças de 0 a 6 anos

Informações sobre o autor

autônoma
Nível
Especializado
Estudo seguido
Letras

Informações do trabalho

Montserrat C.
Data de Publicação
Idioma
português
Formato
Word
Tipo
estudo dirigido
Número de páginas
35 páginas
Nível
Especializado
Consultado
4 vez(es)
Validado por
Comitê Facilitaja
0 Avaliaçao cliente
0
escrever um comentário
  1. Conceituações: cuidar e educar
    1. A família, a criança e a creche
    2. O educador infantil e o seu papel educativo pedagógico na creche
  2. Cuidar por cuidar
    1. Cuidar também educa
    2. O Cuidar e a aprendizagem
    3. Cuidar e a auto-aprendizagem
    4. Cuidando e educando crianças de 0 a 6 anos em escolas de educação Infantil
    5. Fases do desenvolvimento motor no pré-escolar
  3. Atividades a serem desenvolvidas pela escola infantil
    1. Folclore Infantil
    2. O brinquedo
    3. Festa Junina
    4. A Aplicação da Educação do Trânsito na Educação Infantil
  4. Conclusão
  5. Referências bibliográficas

O tema ?Educar e cuidar crianças de 0 a 6 anos? foi escolhido como forma de apresentar como sistematizar a prática a partir de novos enfoques para o ensino na educação infantil, buscando a importância do educar, sem esquecermos dos cuidados que toda criança necessita.
Percebe-se que, a injusta estrutura social brasileira que espelha-se sobremaneira nas instituições educacionais, onde as atividades de cuidado são empurradas para os de menor salário e status, dado que a elas é atribuído um menor valor que àquelas denominadas educativas. (ROSSETTI-FERREIRA, 2003, p.10)
Há muita discriminação até mesmo nas creches nota-se entre as professoras e as auxiliares, atendentes, serventes ou pajens, responsáveis pela parte menos nobre, de cuidado das crianças e do ambiente.
Sendo assim, este trabalho tem como objetivo desenvolvermos um processo de análise do significado teórico-prático do educar na educação infantil, nas crianças de 0 a 6 anos.
?O processo de desenvolvimento infantil exige oportunidades educativas oferecidas de forma crítica, criativa e consistente para além dos cuidados assistenciais de saúde, alimentação, proteção e guarda da criança? (Referencial Curricular Nacional para a Educação Infantil, 1998, vol. I p. 21).
Há muito tempo, os profissionais da educação constataram a importância dos primeiros anos de vida na formação do ser humano. A educação infantil recebeu um impulso muito grande com o estabelecimento, pela Constituição Brasileira, do direito à educação a partir do nascimento.

[...] Na prática, essa opção teve como desdobramento o fato do sistema de ensino dever estabelecer diretrizes relativas ao cuidar e educar a serem realizados nas instituições que estão sob sua responsabilidade. Segundo este autor não há nas creches e pré-escolas educação sem cuidados e vice-versa. ?Não há um seja um conhecimento ou um hábito, que use via diferente da atenção afetuosa, alegre, disponível e promotora da progressiva?. Considera-se, ainda, a perspectiva histórico-cultural de Vygotsky, na qual desenvolvimento e aprendizagem são processos dialeticamente relacionados, um influenciando e transformando o outro (BENJAMIM p. [...]


[...] "São na maioria mulheres que aprenderam, através de sua socialização primária, a cuidar de filhos, crianças, em espaço doméstico, o que não é a mesma coisa que cuidar e educar crianças em espaço coletivo" e continua, o exemplo é clássico: "ouve-se muito que para limpar bunda de criança não é preciso curso superior". Ela admite que isso pode ser aceito no espaço doméstico, mas assevera que no espaço coletivo a higiene tem de se desenvolver com a máxima competência. "Durante muito tempo se acreditou que bastava ser mulher e gostar de criança para exercer a atividade". [...]


[...] As crianças de 0 a 6 anos estão numa fase intermediária que se caracteriza por um esforço considerável de adaptação à idéia de uma forma semi-simbólica de pensamento que é o raciocínio intuitivo (PIAGET p. 22) Não podemos deixar de mencionar que o maior desafio da Educação Infantil e seus profissionais está em compreender, conhecer o jeito particular das crianças serem e estarem no mundo. A Instituição de Educação Infantil deve tornar acessível a todas as crianças que a freqüentam elementos da cultura que enriqueçam o seu desenvolvimento. [...]

Estes documentos podem interessar a você

A importância dos softwares educativos para a alfabetização

 Sociedade   |  Educação   |  Estudo   |  15/01/2007   |  BR   |   .doc   |   105 páginas

Educação infantil e infância

 Sociedade   |  Educação   |  Estudo   |  31/10/2008   |  BR   |   .doc   |   5 páginas

Mais Vendidos educação

A ética da educação

 Sociedade   |  Educação   |  Estudo   |  14/03/2007   |  BR   |   .doc   |   5 páginas

Cronologia educação no mundo no Brasil de 1500 a 2007

 Sociedade   |  Educação   |  Estudo   |  27/03/2008   |  BR   |   .pdf   |   96 páginas