Search icone
Permuta de Trabalhos Acadêmicos
Garantias
Leia mais sobre as nossas garantias.

Os efeitos das brincadeiras na educação infantil em crianças de 4 a 6 anos

Informações sobre o autor

autônoma
Nível
Especializado
Estudo seguido
Letras

Informações do trabalho

Montserrat C.
Data de Publicação
Idioma
português
Formato
Word
Tipo
estudo dirigido
Número de páginas
22 páginas
Nível
Especializado
Consultado
4 vez(es)
Validado por
Comitê Facilitaja
0 Avaliaçao cliente
0
escrever um comentário
  1. O que é brincar, jogar, educar?
    1. Tecnologia e brincadeira
  2. O papel do jogo no desenvolvimento da criança
    1. Jogo e a aprendizagem
    2. Brincando e educando com crianças de 4 a 6 anos
  3. A importância da participação dos pais nos jogos educativos
    1. O Jogo e socialização entre filhos e pais
  4. Conclusão
  5. Referências bibliográficas

O tema ?Os efeitos das brincadeiras na educação infantil em crianças de 4 a 6 anos? trata da importância das brincadeiras na educação infantil. Sintetiza que a brincadeira no mundo da criança não é apenas um passatempo, mostra como elas contribuem para seu desenvolvimento. Enfoca as mudanças que ocorreram nos últimos tempos em relação às brincadeiras e como a tecnologia surgiu no âmbito infantil, trazendo à tona a discussão sobre se ela é benéfica ou não. Dá ênfase ao fato de que a brincadeira também educa e, sobretudo como os pais devem participar desses momentos na vida da criança. Conclusão: As brincadeiras são tão necessárias ao pleno desenvolvimento do organismo de uma criança, seu intelecto e personalidade, como alimento, abrigo, ar puro, exercícios, descanso e prevenção de doenças e acidentes para sua existência mortal contínua.

[...] Isso convida a refletir sobre a concepção e a produção de material lúdico (segurança, durabilidade, conservação), a recuperação de técnicas e materiais lúdicos tradicionais, bem como o papel das novas tecnologias na transformação dos espaços e das práticas lúdicas (por exemplo, a cibercultura). Entendemos que, esses brinquedos modernos podem não ser os vilões que muitos educadores costumavam pintar. Os jogos eletrônicos e computadores estão afetando as crianças, mas, muitas vezes, para melhor. as máquinas podem até virar aliadas de pais e professores. [...]


[...] o aspecto lúdico está adquirindo um caráter extremamente passivo", o autor reforça a importância do fazer para viver, educar-se em lugar de torcer, sugerindo a utilização da atividade motora que caracteriza a infância: os jogos. Por exemplo, num jogo de amarelinha pode-se desenvolver na criança: orientação espacial, noção matemática dos números, a coordenação motora através de saltos combinados, fazer com que aprenda a cooperar na brincadeira, esperando a vez do colega e aguardando a sua vez, tudo isso se consegue se houver atenção ao jogo e a seus objetivos. [...]


[...] Um único jogo pode desenvolver e aperfeiçoar diversos tipos de conceitos, sendo aplicável em diversas áreas do conhecimento O Jogo e socialização entre filhos e pais A maneira como as crianças tratam os brinquedos está relacionada com a forma como os receberam. A forma de introduzir o brinquedo criança é importante?. Em certas situações, pode apenas ser colocado no ambiente que a criança vai explorar; outras vezes precisa ser apresentado a ela, e mostradas as possibilidades de exploração que oferece. [...]

Mais Vendidos educação

A ética da educação

 Sociedade   |  Educação   |  Estudo   |  14/03/2007   |  BR   |   .doc   |   5 páginas

Cronologia educação no mundo no Brasil de 1500 a 2007

 Sociedade   |  Educação   |  Estudo   |  27/03/2008   |  BR   |   .pdf   |   96 páginas

Últimos trabalhos educação

Literatura Infantil em Sala de Aula

 Sociedade   |  Educação   |  Estudo   |  03/07/2013   |  BR   |   .doc   |   10 páginas

Literatura Infantil

 Sociedade   |  Educação   |  Estudo   |  18/06/2013   |  BR   |   .doc   |   9 páginas