Search icone
Permuta de Trabalhos Acadêmicos
Garantias
Leia mais sobre as nossas garantias.

A relação do professor com o aluno na educação à distância

Informações sobre o autor

 
Nível
Para todos
Estudo seguido
administração
Faculdade
FACECA/FADIVA

Informações do trabalho

José Antônio P.
Data de Publicação
Idioma
português
Formato
Word
Tipo
estudo
Número de páginas
31 páginas
Nível
Para todos
Consultado
2 vez(es)
Validado por
Comitê Facilitaja
0 Avaliaçao cliente
0
escrever um comentário
  1. Introdução
  2. Especificidades da educação à distância - EAD
    1. Cronologia da EAD no Brasil
  3. Os mecanismos de operacionalização da educação à distância
    1. O uso das tecnologias da informação
    2. A relação professor - aluno na EAD
  4. Conclusão
  5. Referências bibliográficas

O êxito da EAD vai depender da seriedade com que ela seja implantada no país. Em alguns lugares ela poderá ser vista como um supletivo para aquele alunos que não gostam de estudar em escolas regulares e ficam esperando completar certa idade par obter certificados de maneira mais fácil. Algumas tentativas desta natureza já se fizeram no Brasil na década de 70 e, no entanto, não foram avante. É possível talvez, que algumas instituições queiram seguir esta trilha, como podem sugerir certas propostas que surgem por vezes, nos jornais de grande circulação nacional.
As instituições prestadoras de serviços de Educação à Distância devem ser as primeiras a procura transmitir seriedade às suas proposições. Entendo que algumas cautelas deveriam ser preservadas a qualquer preço. A ABT defende que as avaliações periódicas dos cursos ministrados devem exigir, obrigatoriamente, a presença dos alunos durante em certo período de tempo. Esta orientação, além de garanti maior seriedade ao processo educativo, permite u contato face a face entre Professor/Aluno que, se par algumas carreiras não é tão indispensável, para outras é fundamental. Da mesma forma, deveria ser estabelecido um amplo debate entre especialistas, Autoridades e Lideranças Sociais para definir em que cursos e em que outras condições complementares seriam admitidos os cursos de EAD. A ABT defende princípio, no caso do ensino superior, que qualquer instituição autorizada a ministrar cursos presenciais possa desenvolvê-los também à distância. contrapartida dessa confiança de princípio é a aceitação das avaliações e verificações periódicas a que tais cursos devem submeter-se, tal qual ocorre com as atividades presenciais. Os diplomas e certificados não devem mencionar a forma de realização do curso, a porque tal indicação, entre nós, significaria um credencial de segunda categoria em razão dos antecedentes já mencionados.

[...] Para assegurar a comunicação/interatividade professor-aluno, a instituição deverá: apresentar como se dará a interação entre alunos e professores, ao longo do curso de graduação à distância e a forma de apoio logístico a ambos; quantificar o número de professores/hora disponíveis para os atendimentos requeridos pelos alunos; informar a previsão dos momentos presenciais planejados para o curso e qual a estratégia a ser usada; informar aos alunos, desde o início do curso, nomes, horários, formas e números para contato com professores e pessoal de apoio; informar locais e datas de provas e datas-limite para as diferentes atividades (matrícula, recuperação e outras); garantir que os estudantes tenham sua evolução e dificuldades regularmente monitoradas e que recebam respostas rápidas a suas perguntas bem como incentivos e orientação quanto ao progresso nos estudos; assegurar flexibilidade no atendimento ao aluno, oferecendo horários ampliados e/ou plantões de atendimento; dispor de centros ou núcleos de atendimento ao aluno - próprios ou conveniados - inclusive para encontros presenciais; valer-se de modalidades comunicacionais sincrônicas como teleconferências, chats na Internet, fax, telefones, rádio para promover a interação em tempo real entre docentes e alunos; facilitar a interação entre alunos, sugerindo procedimentos e atividades, abrindo sites e espaços que incentivem a comunicação entre colegas de curso; acompanhar os profissionais que atuam fora da sede, assegurando aos alunos o mesmo padrão de qualidade; orientar todos os profissionais envolvidos no programa e organizar os materiais educacionais de modo a atender sempre o aluno, mas também a promover autonomia para aprender e para controlar o próprio desenvolvimento; abrir espaço para uma representação de estudantes que estudam à distância, de modo a receber feedback e aperfeiçoar os processos. [...]


[...] ] a excessiva concentração de recursos do País nas mãos do governo federal (acentuada a partir de 1964) faz com que este, praticamente, estabeleça as orientações que na prática devem ser adotadas por estados e municípios. De uma função meramente supletiva (conforme estabelecido pela Constituição Federal) o governo praticamente interfere em todas as atividades educacionais. A participação, a descentralização, a transparência na alocação de recursos, aliadas a um maior conhecimento da realidade local são requisitos importantes para uma gestão atualizada e democrática por parte das autoridades administrativas encarregadas da educação. [...]


[...] Isso também pode ser realizado a distância, por correio, por telefone, por fax, por correio eletrônico ou por fitas cassetes, mas de qualquer maneira todos esses meios continuam distantes, e há alunos que necessitam da presença física do professor, do contato direto afetuoso, pessoal e humano, sem perda de tempo e sem a rigidez imposta por determinado "meio", com a espontaneidade desenvolvida na vida cotidiana. Essa necessidade de contato pessoal é estabelecida pelas organizações ou as instituições delicadas ao ensino a distância, montando, em lugares próximos do aluno, "centros associados", "delegações" ou "centros de estudo", conhecidas por todos esses nomes, Estes centros são muito abundantes na Open University britânica que, em um reduzido território nas Ilhas Britânicas, tem 273. [...]

Estes documentos podem interessar a você

A importância da conservação do solo

 Sociedade   |  Ecologia & meio ambiente   |  Dissertação   |  16/07/2007   |  BR   |   .doc   |   20 páginas

Cursos on-line : uma reflexão sobre os problemas na sua implantação

 Sociedade   |  Educação   |  Estudo   |  31/07/2007   |  BR   |   .doc   |   8 páginas

Mais Vendidos educação

A ética da educação

 Sociedade   |  Educação   |  Estudo   |  14/03/2007   |  BR   |   .doc   |   5 páginas

Cronologia educação no mundo no Brasil de 1500 a 2007

 Sociedade   |  Educação   |  Estudo   |  27/03/2008   |  BR   |   .pdf   |   96 páginas