Informações sobre o autor

 
Nível
Para todos
Estudo seguido
administração
Faculdade
FACECA/FADIVA

Informações do trabalho

Data de Publicação
04/01/2007
Idioma
português
Formato
Word
Tipo
estudo
Número de páginas
39 páginas
Nível
Para todos
Consultado
2 vez(es)
Validado por
Comitê Facilitaja
0 Avaliaçao cliente
0
escrever um comentário

Condições necessárias à aprendizagem

  1. A aprendizagem
    1. Distúrbios de aprendizagem
    2. Dislexia
    3. Disortografia
    4. Discalculia
    5. Disgrafia
    6. Dispersividade ou butterfly functioning
    7. Principais Causas das Dificuldades de Aprendizagem e de Ajustamento Escolar.
  2. A motivação da aprendizagem
    1. Motivação e Aprendizagem
  3. Os efeitos da ansiedade no rendimento escolar
    1. Alfabetização e o desenvolvimento do seu processo
    2. Educação e ensino
  4. Propostas metodológicas
    1. Construtivismo
    2. Socioconstrutivismo
  5. Relação professor - aluno
  6. Avaliação do processo ensino - aprendizagem
    1. A avaliação na abordagem tradicional
    2. A avaliação na abordagem Comportamentalista
    3. A avaliação na abordagem Humanista
    4. A avaliação na abordagem Cognitivista
    5. Avaliação na abordagem Sócio-cultural
    6. A avaliação necessária
  7. Intervenção psciopedagógica
  8. Conclusão
  9. Referências bibliográficas

Na atualidade, várias pesquisas têm sido realizadas na busca de compreender o fracasso escolar na alfabetização tendo em vista os problemas que a leitura e a escrita apresentam à educação (PATTO, 1996; MICOTTI, 1987; SCOZ, 1994). Essas pesquisas indicam a existência de problemas no processo de ensino-aprendizagem da linguagem na primeira série, isto é, problemas relativos à alfabetização.
O educando chega à escola com um grande número de experiências, de aprendizagens que são ignoradas pelo professor, pois mesmo antes de ingressar na escola a criança já possui inúmeras vivências que deveriam servir como ponto de partida das atividades do professor.
A criança, mesmo não reconhecendo os símbolos do alfabeto, já “lê” o seu meio, estabelecendo relações entre significante e significado. A escola deve dar continuidade a esse processo defendendo a livre expressão da criança, pois com isso o educando enfrentará com mais tranqüilidade a grande aventura do primeiro ano escolar: aprender a ler e escrever.
Nesse sentido, é necessário que os educadores tenham conhecimentos que lhes possibilitem compreender sua prática e os meios necessários para promoverem o progresso e o sucesso dos alunos. Uma das maneiras de se chegar a isso é através das contribuições que a psicopedagogia proporciona, pois é a área que estuda e lida com o processo da aprendizagem e com os problemas dele decorrentes. Sua nova visão vem sendo apresentada pela psicopedagogia e vem ganhando espaço nos meios educacionais brasileiros, despertando o interesse dos profissionais que atuam nas escolas e buscam subsídios para sua prática.
Em função dessa realidade educacional identificada com base nas colocações referidas, buscou-se, a partir desta pesquisa refletir o papel da psicopedagogia preventiva no fracasso escolar na alfabetização.
O interesse em pesquisar a forma como a intervenção psicopedagógica pode contribuir para a prevenção do fracasso escolar na alfabetização é devido à desatenção que tem sofrido o ensino da leitura e da escrita, e o baixo rendimento escolar, nas primeiras séries do Ensino Fundamental; e como também, devido à importância do trabalho psicopedagógico preventivo que se baseia principalmente na observação e análise profunda de uma situação concreta, no sentido de detectar possíveis perturbações no processo de aprendizagem promovendo orientações didático-metodológicas de acordo com as características dos indivíduos e grupos.
Pretende-se, nesta monografia, apresentar temas que identifiquem problemas no processo de aprender, possibilitando intervenção psicopedagógica visando diminuir a freqüência dos problemas de aprendizagem, diminuir e tratar os problemas de aprendizagens já instalados e eliminar os transtornos já instalados.
Para o desenvolvimento desta pesquisa, optou-se pela pesquisa bibliográfica.
A pesquisa bibliográfica procura explicar um problema a partir de referências teóricas publicadas, buscando conhecer e analisar as contribuições culturais ou científicas do passado existentes sobre um determinado assunto, tema ou problema.
O presente estudo será dividido em 5 etapas, a saber: (a) levantamento do referencial teórico; (b) seleção do referencial teórico apropriado a presente investigação; (c) leitura crítico-analítica do referencial selecionado; (d) organização dos dados levantados e (e) elaboração do relatório final.

[...] A Psicopedagogia tem por objeto de estudo a aprendizagem como um processo individual, em que a trajetória da construção do conhecimento é valorizada e entendida como parte do resultado final. Vivemos na era do conhecimento. Não se pode pensar no exercício da cidadania sem que o cidadão tenha acesso à formação acadêmica mínima de oito anos mas, na prática, a sociedade demonstra que a exigência real de um segundo grau de preferência, com um pós-médio. Temos visto que para exercer qualquer profissão, seja ela a mais simples ou a mais complexa, a pessoa será submetida a treinamentos que devem passar, não apenas por especificidade da função e do local de trabalho, mas por treinamentos de ética, qualidade, perfil de cliente, economia, etc. [...]


[...] O que não se pode negar é que a ansiedade interfere no comportamento de estudo e na aprendizagem dependendo do grau, de forma positiva ou negativa Alfabetização e o desenvolvimento do seu processo Tradicionalmente, o processo de alfabetização estava diretamente relacionado com a inteligência (QI). Essa visão da alfabetização dominou, durante muito tempo, os estudos e pesquisas na área, explicava o papel desempenhado pela ideologia do dom, na justificativa do fracasso em alfabetização. Atribuindo a responsabilidade por esse fracasso às chamadas disfunções psiconeurológicas da aprendizagem da leitura e da escrita (afasia, dislexia, discalculia, disgrafia, disfunção cerebral mínima, etc). [...]


[...] é devido à desatenção que tem sofrido o ensino da leitura e da escrita, e o baixo rendimento escolar, nas primeiras séries do Ensino Fundamental; e como também, devido à importância do trabalho psicopedagógico preventivo que se baseia principalmente na observação e análise profunda de uma situação concreta, no sentido de detectar possíveis perturbações no processo de aprendizagem promovendo orientações didático-metodológicas de acordo com as características dos indivíduos e grupos. Pretende-se, nesta monografia, apresentar temas que identifiquem problemas no processo de aprender, possibilitando intervenção psicopedagógica visando diminuir a freqüência dos problemas de aprendizagem, diminuir e tratar os problemas de aprendizagens já instalados e eliminar os transtornos já instalados. [...]

...

Estes documentos podem interessar a você

O papel da família na aprendizagem

 Sociedade   |  Educação   |  Estudo   |  15/01/2007   |  BR   |   .doc   |   23 páginas

A falta de auto estima como fato gerador das dificuldades de aprendizagem

 Psicologia e letras   |  Psicologia   |  Monografia   |  08/08/2007   |  BR   |   .doc   |   32 páginas

Mais Vendidos educação

A importância da sala de recursos para a educação inclusiva

 Sociedade   |  Educação   |  Monografia   |  17/07/2007   |  BR   |   .doc   |   39 páginas

O papel da família na aprendizagem

 Sociedade   |  Educação   |  Estudo   |  15/01/2007   |  BR   |   .doc   |   23 páginas
Compra e venda de trabalhos acadêmicos
Garantias
Leia mais sobre as nossas garantias.