Search icone
Permuta de Trabalhos Acadêmicos
Garantias
Leia mais sobre as nossas garantias.

Pedagogia do oprimido e pedagogia da autonomia (Paulo Freire), formação continuada

Informações sobre o autor

Professor - Escriturário - Atendente
Nível
Para todos
Estudo seguido
Técnico em...

Informações do trabalho

Teixeira Lima A.
Data de Publicação
Idioma
português
Formato
Word
Tipo
estudo
Número de páginas
5 páginas
Nível
Para todos
Consultado
2 vez(es)
Validado por
Comitê Facilitaja
0 Avaliaçao cliente
0
escrever um comentário
  1. Teoria opressora
  2. Teoria educacional
  3. Teoria libertadora
  4. Educação

Este artigo é fruto da Formação Continuada, realizada entre os dias 30/31 de Agosto e 01 de Setembro de 2007, no Colégio Estadual Dr. Hélio Souza Bueno, na Cidade de Nova Olinda-TO, mediante a orientação das coordenadoras pedagógicas; Sinara Alencar / Deuzinete Rocha, na gestão da professora Eunice Porto.
O presente artigo objetiva uma abordagem referente à concepção de educação pela ótica pedagógica de Paulo Freire, ressaltando a teoria de dominação e de liberdade no processo de ensino-aprendizagem.

O presente artigo viabiliza uma prévia reflexão frente à temática ?educação?, pelo viés da concepção pedagógica de Paulo Freire, sendo observada a visão pedagógica da filosofia do oprimido e da autonomia.
Em memória a notória figura de Paulo Freire, na sua contribuição ao processo de ensino-aprendizagem de nosso País, em busca de uma formação libertadora, visando à conscientização e a criticidade de nossos educando na relação com o mundo, faz-se necessário uma minuciosa atenção a sua visão de mundo e de homem no contexto social em construção do conhecimento transformador.
O desenvolvimento desse artigo propiciará a apreensão do processo dialético como a força motriz do conhecimento crítico e transformador, em que configura o papel do homem na sociedade, segundo a perspectiva de Paulo Freire.
Esse estudo é o reflexo da formação continuada, realizada entre os dias 30/31 de Agosto e 01 de Setembro de 2007, no Colégio Estadual Dr. Hélio Souza Bueno, na cidade de Nova Olinda-TO, mediante a orientação das coordenadoras pedagógicas Sinara e Deuzinete, na gestão da professora Eunice.

[...] Freire ressalta que a relação na educação bancária se define por viabilidade de atitudes que elegem o educador dono da verdade absoluta, colocando-o no mais alto pedestal de superioridade, tornando o educando um mero depósito de informações fruto do cabedal de conhecimentos do educador. Para Paulo Freire, a educação bancária se fundamenta nos princípios de dominação, de domesticação e alienação transferidas do educador para o educando através do conhecimento dado, imposto e alienado. Nessa concepção, o conhecimento é apreendido pela ótica da imposição, sendo absorvido de forma passiva pelo educando sem o despertar crítico para a realidade que o envolve. [...]


[...] A partir deste contexto de educação em Paulo Freire, é visível que a pedagogia compreende a ação que pode e deve ser muito mais que um processo de treinamento ou domesticação; um processo que nasce da observação e da reflexão e culmina na ação transformadora. Portanto, na ótica de Paulo Freire a educação é apreendida através da ação transformadora; não havendo essa ação transformadora, não podemos afirmar que a Unidade Escolar está contribuindo efetivamente na construção do conhecimento de seus educando. [...]

Mais Vendidos educação

A ética da educação

 Sociedade   |  Educação   |  Estudo   |  14/03/2007   |  BR   |   .doc   |   5 páginas

Cronologia educação no mundo no Brasil de 1500 a 2007

 Sociedade   |  Educação   |  Estudo   |  27/03/2008   |  BR   |   .pdf   |   96 páginas

Últimos trabalhos educação

Literatura Infantil em Sala de Aula

 Sociedade   |  Educação   |  Estudo   |  03/07/2013   |  BR   |   .doc   |   10 páginas

Literatura Infantil

 Sociedade   |  Educação   |  Estudo   |  18/06/2013   |  BR   |   .doc   |   9 páginas