Search icone
Permuta de Trabalhos Acadêmicos
Garantias
Leia mais sobre as nossas garantias.

Relações interpessoais na escola docência

Informações sobre o autor

professor nivel medio - diretor de escola - secretaria...
Nível
Especializado
Estudo seguido
professora...

Informações do trabalho

Regina C.
Data de Publicação
Idioma
português
Formato
Word
Tipo
estudo
Número de páginas
10 páginas
Nível
Especializado
Consultado
1 vez(es)
Validado por
Comitê Facilitaja
0 Avaliaçao cliente
0
escrever um comentário
  1. Introdução
  2. Exigências curriculares para a formação do professor no novo milênio
  3. Conclusão
  4. Referências bibliográficas

Com a chegada do terceiro milênio, pensou-se em contemplar este tema em função do grande desafio que a ação docente vem enfrentando na busca da qualidade do ensino. Os cursos de formação de professores vêm sofrendo inúmeras e severas criticas, pois não têm atendido suficientemente às necessidades da sociedade brasileira. Estamos vivendo uma crise de identidade dos modelos econômicos e políticos. Para organização e melhoria dos cursos de formação, é necessário levar em conta o contexto da educação e suas relações com a sociedade.
Melhorar a qualidade e eficácia da formação dos docentes é uma medida fundamental para atendermos a construção da profissão do professor.

[...] Temos uma escola em crise, com professores que perderam seu eixo, suas referências. Fala-se em ?mal-estar docente? . Avolumam-se as cobranças, as insatisfações por parte dos professores e de segmentos sociais, principalmente, os mais carentes. O professor caminha muito vagarosamente, com dificuldade para incorporar as mudanças sociais. Estamos no terceiro milênio e a educação prende-se a concepções e a práticas do século XIX. Temos uma escola que tem preparado gerações alienadas a partir de um ensino tradicional, elitista e acrítico. [...]


[...] O espírito que sempre permeou a formação dos professores no Brasil, tanto na Escola Normal como na Faculdade de Filosofia foi a manutenção de uma neutralidade que o professor deveria adquirir frente aos problemas da vida, e com relação a seus valores. Sendo assim, o professor é colocado na sociedade numa relação de acomodação e nunca de tensão (NAVAJAS apud BATSCHAUER p.41). Refletir sobre este prisma da formação docente nos leva a compreender o professor tolhido, desinteressado, sustentado pelo ceticismo que conduz ao fechamento perante os desafios com os quais se defronta cotidianamente. [...]


[...] Alterar a prática docente e ousar tem se apresentado como tarefa inglória na escola pública. Com bastante freqüência pudemos observar que o professor interessado e atualizado encontrava na Administração o desestímulo para inovar sua práxis, pois os interesses burocráticos não coincidiam com os pedagógicos. Para alguns diretores, a maneira tradicional, quer de gerenciamento ou de ensino lhes dá mais segurança e controle transição não se opera sem problemas. O antigo modo de regulação está profundamente ancorado na tradição escolar, isto é, nas mentalidades socializadas pela escola? (HUTMACHER p.62). [...]

Mais Vendidos educação

A ética da educação

 Sociedade   |  Educação   |  Estudo   |  14/03/2007   |  BR   |   .doc   |   5 páginas

Cronologia educação no mundo no Brasil de 1500 a 2007

 Sociedade   |  Educação   |  Estudo   |  27/03/2008   |  BR   |   .pdf   |   96 páginas

Últimos trabalhos educação

Literatura Infantil em Sala de Aula

 Sociedade   |  Educação   |  Estudo   |  03/07/2013   |  BR   |   .doc   |   10 páginas

Literatura Infantil

 Sociedade   |  Educação   |  Estudo   |  18/06/2013   |  BR   |   .doc   |   9 páginas