FacilitaJa
Search icone
Permuta de Trabalhos Acadêmicos
Garantias
Leia mais sobre as nossas garantias.

Supervisão escolar

Educação Supervisão escolar

Informações sobre o autor

 
Nível
Para todos
Estudo seguido
direito...
Faculdade
Fumesc

Informações do trabalho

JuliO L.
Data de Publicação
Idioma
português
Formato
Word
Tipo
estudo
Número de páginas
15 páginas
Nível
Para todos
Consultado
6 vez(es)
Validado por
Comitê Facilitaja
0 Avaliaçao cliente
0
escrever um comentário
  1. Fundamento da supervisão escolar
  2. Origem da supervisão escolar no contexto histórico brasileiro
  3. A supervisão com auxílio nas gestões das escolas
  4. O papel da equipe de especialistas

Supervisão é um processo abrangente e agregado no trabalho escolar. Sobre essa pode dizer que é uma tarefa técnico-científica. Como técnica ela é maneira definida de exercer determinada função integrante de um sistema no caso o educacional. Sua função é muito importante na consecução de melhor qualidade na prestação de serviços educacionais, desde as instâncias mais amplas e abrangentes até a atividade básica.
Como trabalho científico, a supervisão tem que:
• Pesquisar os fatos para que possa abranger todas as dimensões da realidade que atua;
• Estabelecer hipóteses de atuação;
• Determinar prioridades com as respectivas atividades necessárias à sua execução;
• Avaliar o resultado das mudanças que indicam a existência de “uma nova realidade” e impõe, conseqüentemente, um novo ciclo de atuação.

Como trabalho técnico científico, a supervisão, desenvolve-se através de três etapas que são: planejamento, acompanhamento e controle:
A supervisão, em sua atuação, precisa prever todo o seu trabalho para um período letivo, anual e semestral, bem como precisa prever a execução de suas tarefas particulares. Mas estas se desenrolam segundo o esquema: planejamento, acompanhamento e controle. O planejamento refere-se ao que e como fazer, o acompanhamento à execução e o controle à avaliação.

[...] O comprometimento dos profissionais relacionados à supervisão escolar com todas as transformações ocorridas é fundamental para o meio escolar, e isso é pode acontecer através do diálogo que é feito entre os mesmos juntamente com os professores com o objetivo de se alcançar a construção da relação de mediação. Sendo assim é possível que os profissionais dessa área sejam fontes de inspiração dos seus professores, conduzindo-os a uma reflexão crítica da realidade e do mundo ORIGEM DA SUPERVISÃO ESCOLAR NO CONTEXTO HISTÓRICO BRASILEIRO A supervisão escolar é dividida em seis momentos que será retratada em uma retrospectiva histórica, destacando as datas e seus respectivos acontecimentos que tiveram grande marco no processo escolar: O primeiro momento (Gêneses): - 1835 Inspetor Escolares (aval eficiência didática); - 1892 Inspetor Ambulantes (Reforma Afonso Pena); - 1906 Inspetor Técnico (reforma João Pinheiro). [...]


[...] O trabalho do supervisor escolar influencia diretamente no cotidiano de alunos e professores. Esse profissional tem que saber mediar as práticas do professor, sendo esta uma tarefa muito difícil, compete a ele fazer a leitura dos percursos de vida institucionais, provocar a discussão e negociação de idéias, promover a reflexão e a aprendizagem em equipe, organizar o pensamento e a ação do coletivo das pessoas como indivíduos. Deve estar sempre disposto a aprender, a estudar, a investir em sua própria formação, a interagir com outras pessoas que estejam ao seu redor O PAPEL DA EQUIPE DE ESPECIALISTAS Os supervisores possuem o papel de inspecionarem e avaliarem o modo de ensinar os professores e o aprender dos alunos. [...]


[...] Parágrafo único. O diploma referido no caput deste artigo pode ser obtido em: I curso de Pedagogia, Habilitação em Supervisão Educacional ou Supervisão Escolar; II instituição estrangeira de ensino superior, revalidado e registrado como equivalente ao diploma mencionado no inciso III curso de pós-graduação em Supervisão Educacional ou Supervisão Escolar. Art. 3º. O campo de atuação do Supervisor Educacional abrange: I os órgãos centrais e regionais dos sistemas de ensino; II as instituições de ensino; III todas as áreas que desenvolvem ação de formação. [...]

...

Estes documentos podem interessar a você

Inspeção escolar participativa

 Sociedade   |  Educação   |  Estudo   |  10/01/2007   |  BR   |   .doc   |   28 páginas

A medida do supervisor educacional nas relações interativas na escola

 Sociedade   |  Educação   |  Estudo   |  12/01/2007   |  BR   |   .doc   |   18 páginas

Mais Vendidos educação

A relação do professor com o aluno na educação à distância

 Sociedade   |  Educação   |  Estudo   |  24/01/2007   |  BR   |   .doc   |   31 páginas

Análise qualitativa através dos planos de aula do uso dos recursos tecnológicos na prática...

 Sociedade   |  Educação   |  Estudo   |  31/07/2007   |  BR   |   .doc   |   9 páginas