Search icone
Permuta de Trabalhos Acadêmicos
Garantias
Leia mais sobre as nossas garantias.

Transtorno do déficit de atenção

Informações sobre o autor

autônoma
Nível
Especializado
Estudo seguido
Letras

Informações do trabalho

Montserrat C.
Data de Publicação
Idioma
português
Formato
Word
Tipo
fichamento
Número de páginas
9 páginas
Nível
Especializado
Consultado
237 vez(es)
Validado por
Comitê Facilitaja
0 Avaliaçao cliente
0
escrever um comentário
  1. Transtorno do déficit de atenção

De acordo com os autores, o transtorno do déficit de atenção com hiperatividade (TDA/H) constitui um dos mais importantes transtornos do desenvolvi¬mento dentre os problemas que afetam as crianças em suas relações com seu meio familiar, escolar e social.
É freqüente escutar pais e educadores referindo-se a seus filhos e alunos com TDA/H não somente como inquietos e distraídos, mas as queixas dos adultos referem-se a que eles parecem estar em contínuo movimento, como um motorzinho que funcionasse sem parar; como se estivessem no mundo da Lua, como se não escutas¬sem quando se fala com eles; sempre, falando sem parar, interrompendo os outros, perdendo seu aproveitamento escolar; começando muitas coisas sem terminar nenhuma, tolerando mal as frustrações; sendo impulsivos, agressivos, não respeitando as normas, desafiando os limites, etc.

[...] Aproximadamente 50% das crianças com TDA padecem de outro transtorno em comorbilidade (ou seja, têm mais de uma dificuldade ou problemas associados), e por isso é conveniente assegurar-se de que foram diagnosticados corretamente todos os aspectos do problema. Buscar o tratamento apropriado e mais eficaz para cada um dos transtornos concomitantes. Estruturar o ambiente familiar ajuda a criança hiperativa a formular para si mesma expectativas e valores que podem dar sentido à sua vida. Estabelecer um regulamento familiar não implica que os pais não estimulem o diálogo com o filho, ou que o impeçam de expressar seus sentimentos. [...]


[...] Particularmente complexo é o caso das disfunções familiares e os conflitos de casal em que o filho é triangulado de maneira que ambos os cônjuges compactuam, consciente ou inconscientemente, para desviar a atenção do seu problema para problema do filho". O discurso que a criança escuta diariamente é que deve mudar, não esquecer seus cadernos no colégio, não perder seus objetos, não mentir acerca de ter feito ou não suas tarefas, não acreditar que o mundo o persegue injustamente. Por fim, se lhe perguntam por que age assim, ele responde que não sabe por quê. [...]


[...] Se a criança com TDA/H for o primeiro filho, o último depois de vários irmãos, ou o "filho do meio", se os pais são jovens ou já são mais velhos e com mais experiência na criação dos filhos, etc. Tudo isso influi no lugar que a criança ocupa nas dinâmicas familiares. As figuras de autoridade são, em primeiro lugar, seus pais. O acordo entre eles é fundamental. Não pode haver dois padrões de comportamento funcionando em paralelo. A criança se confunde, não consegue se adaptar a dois tipos de contingências, em que uma vez seja premiada por algo ou não receba sanção alguma, e depois seja castigada por uma mesma conduta. [...]

Estes documentos podem interessar a você

Transtorno de déficit de atenção

 Sociedade   |  Educação   |  Fichamento   |  26/05/2007   |  BR   |   .doc   |   6 páginas

Transtorno de déficit de atenção hiperatividade: o que é? como ajudar?

 Psicologia e letras   |  Psicologia   |  Fichamento   |  02/07/2007   |  BR   |   .doc   |   8 páginas

Mais Vendidos educação

A ética da educação

 Sociedade   |  Educação   |  Estudo   |  14/03/2007   |  BR   |   .doc   |   5 páginas

Cronologia educação no mundo no Brasil de 1500 a 2007

 Sociedade   |  Educação   |  Estudo   |  27/03/2008   |  BR   |   .pdf   |   96 páginas