Search icone
Permuta de Trabalhos Acadêmicos
Garantias
Leia mais sobre as nossas garantias.

A importância da educação precoce no desenvolvimento dp portador da deficiência mental

Informações sobre o autor

Consultoria - Consultoria - Gerência de Recursos Humanos
Nível
Especializado
Estudo seguido
Mestrado...

Informações do trabalho

Marta O.
Data de Publicação
Idioma
português
Formato
Word
Tipo
monografia
Número de páginas
30 páginas
Nível
Especializado
Consultado
1 vez(es)
Validado por
Comitê Facilitaja
1 Avaliaçao cliente
5
escrever um comentário
  1. Introdução
  2. Fundamentação teórica
  3. Conceito de portador de deficienica mental
  4. Características comportamentais
  5. Breve histórico da deficiencia mental
    1. A excepcionalidade como condição
  6. Educação precoce
    1. Como estimular a criança no primeiro ano de vida
    2. Estimulação Visual
    3. Estimulação Auditiva
    4. Estimulação olfativa e gustativa
    5. Estimulação do tato
    6. Estimulação motora
    7. Estimulação Cognitiva
    8. Estimulação da linguagem
    9. Assistência à rotina diária
  7. Como estimular a criança nos segundo e terceiros anos de vida
    1. Área sensório-perceptiva
    2. Área motora
    3. Área cognitiva
    4. Área de linguagem
    5. Treinamento de Hábitos

De acordo com estimativas aceitas mundialmente e divulgadas pela Organização Mundial de Saúde (OMS), cerca de 10% da população, em qualquer parte do mundo, apresenta algum tipo de deficiência (usando-se também as expressões ?especialidades? ou necessidade especial). No Brasil, as condições de pobreza, miséria, desnutrição e precariedade do atendimento primário à saúde agravam significativamente este quadro.

Essa falta de estímulos, de alimentação, moradia adequada, bem como a falta de afeto e tempo de dedicação dos pais para com os filhos, leva muita dessas crianças a apresentarem atrasos no desenvolvimento. Atrasos estes que poderiam ser amenizados em muito, caso fossem detectados precocemente.

Estão incluídos no percentual mentais as de maior incidência, atingindo 5% da população, em segundo lugar, as deficiências físicas com 2%, depois as deficiências auditivas com 1,5%, em seguida as deficiências da visão atingindo 0,5% da população?(Coordenadoria Nacional para Integração da Pessoa Portadora de Deficiência ? CORDE, 1992, p.9)

[...] Brasília DF, 1995) 1.1 Objetivo Geral O presente estudo tem por objetivo apontar a importância da estimulação precoce e algumas técnicas que possibilitam um melhor desenvolvimento do portador da deficiência mental. II - Fundamentação Teórica Algo que tem preocupado muito os estudiosos é o fato de que cada ano que passa aumenta o número de alunos que apresentam dificuldades na área acadêmica e que estes alunos, ou estão sendo retidos em uma mesma série por anos seguidos, ou então encaminhados par avaliação educacional com destino à sala especial. [...]


[...] ( Jogos e brinquedos são necessários, porque brincando aprende a desenvolver habilidades como focalizar o olhar, coordenar os movimentos, sentir o cheiro, o tamanho e a textura, compreender o funcionamento de objetos, expressar-se e interagir com os demais - Como estimular a criança no primeiro ano de vida A seguir será apresentado, de acordo com Perez Ramos (1978), técnicas a serem utilizadas em estimulação precoce - Estimulação Visual: - Inclinar-se em direção à criança enquanto a banha, a veste ou a alimenta, falando-lhe, sorrindo-lhe ou estimulando-a de alguma forma. [...]


[...] De forma semelhante, há inúmeros tipos e graus de deficiências visuais que não se constituem em fatos para a inclusão no grupo da excepcionalidade, pois não solicitam recursos especiais para aprendizagem de leitura e escrita e para o ajustamento psicossocial. IV CARACTERÍSTICAS COMPORTAMENTAIS Uma questão que sempre se propõe quando estudamos os excepcionais é a existência ou não de características específicas a cada grupo de excepcionalidade. Isto é, manifestam as várias excepcionalidades comportamentais que as caracterizam como um grupo. Um estudo cuidadoso a esse respeito mostra-nos concepções diversas que procuram explicar o comportamento destes indivíduos, desde aqueles que expressam a idéia da existência de características distintas e específicas a cada grupo até concepções que negam a existência de qualquer característica comportamental relacionada aos diversos tipos de excepcionalidade. [...]

Mais Vendidos educação

A ética da educação

 Sociedade   |  Educação   |  Estudo   |  14/03/2007   |  BR   |   .doc   |   5 páginas

Cronologia educação no mundo no Brasil de 1500 a 2007

 Sociedade   |  Educação   |  Estudo   |  27/03/2008   |  BR   |   .pdf   |   96 páginas

Últimos trabalhos educação

Literatura Infantil em Sala de Aula

 Sociedade   |  Educação   |  Estudo   |  03/07/2013   |  BR   |   .doc   |   10 páginas

Literatura Infantil

 Sociedade   |  Educação   |  Estudo   |  18/06/2013   |  BR   |   .doc   |   9 páginas