FacilitaJa
Search icone
Permuta de Trabalhos Acadêmicos
Garantias
Leia mais sobre as nossas garantias.

A importância da sala de recursos para a educação inclusiva

Educação A importância da sala de recursos para a educação inclusiva

Informações sobre o autor

Consultoria - Consultoria - Gerência de Recursos Humanos
Nível
Especializado
Estudo seguido
Mestrado...

Informações do trabalho

Marta O.
Data de Publicação
Idioma
português
Formato
Word
Tipo
monografia
Número de páginas
39 páginas
Nível
Especializado
Consultado
23 vez(es)
Validado por
Comitê Facilitaja
0 Avaliaçao cliente
0
escrever um comentário
  1. Fundamentação teórica
    1. A inclusão versus educação especial
    2. Um breve histórico da educação especial
    3. Inclusão: Uma breve análise
    4. A inclusão sob a visão de alguns estudiosos
    5. A inclusão e sala de recursos mediante o MEC e SEED
  2. Considerações finais

Este estudo discute a importância da sala de recursos como parte do processo de inclusão, no contexto escolar, enfocando seus objetivos e sua organização, considerando principalmente, as diretrizes para a educação especial e, as recomendações de organizações nacionais e internacionais para essa modalidade educacional. A inclusão dos portadores de deficiências na escola regulares está garantida por lei. O Poder Público segundo a LDB 9394/96 coloca , como alternativa preferencial, a ampliação do atendimento aos educandos com necessidades especiais, na própria rede pública regular de ensino. No entanto, um dos empecilhos na educação dos alunos portadores de deficiência é a necessidade de uma metodologia específica, bem como de recursos. A questão da inclusão, dessas crianças, insere-se no contexto das discussões a questão das adequações necessárias da escola, para a integração das pessoas portadoras de deficiências enquanto cidadãos, com direitos e deveres de participação e contribuição social. Porém, no ensino regular a inadequação dos espaços é facilmente comprovada, sendo mais agravante ainda quando se percebe a perplexidade, confusão e insegurança que professores e outros profissionais demonstram ao se depararem com o assunto, seja na teoria ou na prática. A escola passou, nesse sentido, a desempenhar um papel ambíguo frente à diversidade: de um lado, abriu as portas aos alunos com necessidades especiais; de outro não se preparou para isso quando deveria ter se preparado, sendo que a Educação Especial deve ser parte integrante do Sistema Geral de Educação e não um sistema isolado, paralelo. Ela deve fluir nos diferentes níveis e graus de Ensino. Com este estudo busca-se analisar a reformulação de políticas educacionais e de implementação de projetos educacionais voltados para a inclusiva e nesta a sala de recursos que se planejada adequadamente poderá contribuir para a aprendizagem e desenvolvimento dos alunos evitando a reprovação e a evasão escolar.

[...] Os objetivos básicos que o sistema educacional tenta promover são iguais para todos os alunos: favorecer seu desenvolvimento pessoal, emocional, intelectual, lingüístico e social, facilitar o conhecimento do mundo natural e social, e proporcionar as habilidades necessárias para poder incorporar-se de forma mais ativa e autônoma possível ao mercado de trabalho e à sociedade A INCLUSÃO E SALA DE RECURSOS MEDIANTE O MEC E SEED Apesar dos grandes avanços e da atuação firme do MEC no sentido de promover a inclusão, ainda estamos longe de chegar efetivamente a uma escola de qualidade para todos. [...]


[...] Com este estudo busca-se analisar a reformulação de políticas educacionais e de implementação de projetos educacionais voltados para a inclusiva e nesta a sala de recursos que se planejada adequadamente poderá contribuir para a aprendizagem e desenvolvimento dos alunos evitando a reprovação e a evasão escolar. Palavras-chave: Inclusão, sala de recursos, escola SUMÁRIO RESUMO INTRODUÇÃO FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA A INCLUSÃO VERSUS EDUCAÇÃO ESPECIAL UM BREVE HISTÓRICO DA EDUCAÇÃO ESPECIAL INCLUSÃO: UMA BREVE ANÁLISE A INCLUSÃO SOB A VISÃO DE ALGUNS ESTUDIOSOS A INCLUSÃO E SALA DE RECURSOS MEDIANTE O MEC E SEED Sala de Recursos Conceitos e Características da Sala de Recursos Sugestões de Planejamento para Atividades de Apoio 25 Pré-Escola CONSIDERAÇÕES FINAIS 28 Sugestão 31 REFERÊNCIAS INTRODUÇÃO Atualmente, muito se tem falado em inclusão. [...]


[...] Com o início do movimento escolanovista, a educação passou a utilizar métodos mais ativos, dando ênfase a atividades em grupo, práticas de trabalho manuais, valorizando-se o estudo da psicologia experimental e a criança passou a ser o centro do processo educacional.Pode-se destacar ainda que Helena Antipoff, psicóloga e educadora, em 1932, por sua iniciativa própria fundou a Sociedade Pestalozzi de Belo Horizonte, tendo assim início a primeira experiência educacional institucionalizada para portadores de deficiência. Nesse mesmo espírito, foi fundada a Fazenda Rosário em Belo Horizonte, em 1940, para a educação dos excepcionais e foram criados também os serviços de diagnósticos, classes especiais e foi iniciada a organização da Associação dos Pais e Amigos dos Excepcionais APAEs. [...]

...

Estes documentos podem interessar a você

A inclusão escolar

 Sociedade   |  Educação   |  Estudo dirigido   |  01/08/2007   |  BR   |   .doc   |   23 páginas

Mais Vendidos educação

Valorização do profissional de docência do ensino superior

 Sociedade   |  Educação   |  Estudo   |  05/01/2007   |  BR   |   .doc   |   24 páginas

A relação do professor com o aluno na educação à distância

 Sociedade   |  Educação   |  Estudo   |  24/01/2007   |  BR   |   .doc   |   31 páginas