Search icone
Permuta de Trabalhos Acadêmicos
Garantias
Leia mais sobre as nossas garantias.

O uso de drogas na escola de séries iniciais de 1ª a 4ª séries

Informações sobre o autor

autônoma
Nível
Especializado
Estudo seguido
Letras

Informações do trabalho

Montserrat C.
Data de Publicação
Idioma
português
Formato
Word
Tipo
monografia
Número de páginas
22 páginas
Nível
Especializado
Consultado
4 vez(es)
Validado por
Comitê Facilitaja
0 Avaliaçao cliente
0
escrever um comentário
  1. Principais drogas utilizadas na atualidade e suas ações no organismo
  2. A mídia e suas influências para o uso de drogas ?lícitas?
  3. O papel preventivo da escola
    1. O papel do professor e suas estratégias de trabalho preventivo
    2. O PROERD e suas ações na escola de ensino fundamental
  4. Pesquisa de campo

Essa Monografia estará abordando o uso de drogas na escola de séries iniciais de 1ª a 4ª séries, justifica-se o tema por se tratar de um grave problema que está ocorrendo e, foi notado que ultimamente tem-se evidenciado.
Os Parâmetros Curriculares trouxe-nos a ?Prevenção de Drogas? como um dos temas transversais a ser trabalhado nas escolas e, percebe-se realmente dessa necessidade, pois, as crianças também podem se tornar dependentes de drogas.
Desde os tempos mais remotos, o homem tem se utilizado de substâncias químicas, encontradas em plantas ou, mais recentemente, sintéticas, para provocar alterações no seu estado mental.
Algumas vezes associadas a cultos religiosos, ritos espirituais ou práticas de iniciação, as drogas sempre fascinaram a humanidade.
Por serem capazes de alterar profundamente a personalidade e interesses humanos, algumas drogas, com o passar dos anos, se tornaram ilícitas.
Outras, entretanto, como o etanol, a nicotina e a cafeína, continuam legais, fazendo com que determinados grupos na sociedade se enriqueçam cada vez mais, a despeito dos males conseqüentes do uso deliberado destas drogas.
Sabemos que o uso de drogas é muito grave porque atingem a saúde, as atividades sociais, morais e intelectuais do indivíduo e, em vista disso, como trabalhamos com crianças essa é uma preocupação que não nos sai da cabeça e, ultimamente, nas escolas é como se existisse uma conspiração organizada para formar marginais.
O projeto contempla a relação ensino/extensão porque supõe transformações substantivas no processo pedagógico, com alunos e professores constituindo-se em sujeitos do ato de aprender, levando à democratização e à socialização do saber acadêmico e estabelecendo uma dinâmica de intercâmbio e participação das comunidades interna e externa da vida escolar.

[...] É difícil apontar sugestões numa situação onde a escola apenas recebe o aluno, e esse é que carrega para dentro delas a droga, ou já vem drogado, vejo que as mudanças a serem realizadas, têm que começar pela sociedade, pois é nela que a criança está inserida. CONCLUSÃO Essa Monografia abordou uso de drogas na escola de séries iniciais de 1ª a 4ª séries?, um grave problema que está vem ocorrendo foi notado que ultimamente tem-se evidenciado. Em pesquisa nos ?Parâmetros Curriculares? trouxe-nos a ?Prevenção de Drogas? como um dos temas transversais a ser trabalhado nas escolas percebe-se realmente dessa necessidade, pois, as crianças também podem se tornar dependentes de drogas. [...]


[...] A Direção e o corpo docente têm de estar preparados e em sintonia, para integrar a prevenção ao uso indevido de drogas ao projeto pedagógico da escola, pois, para poder construir um projeto pedagógico consistente, que tenha um caráter contínuo a sistemático é indispensável investir na capacitação dos educadores. A escola precisa ter uma postura clara frente à questão, para poder ter parâmetros de ação junto aos alunos, aos pais e à comunidade. Não é raro que os educadores sintam-se ameaçados quando descobrem que seus alunos usam drogas. [...]


[...] A cocaína pode chegar até o consumidor sob a forma de um sal, o cloridrato de cocaína, o "farinha", "neve" ou "branquinha" que é solúvel em água portanto, serve para ser aspirado ("cafungado") ou dissolvido em água para uso endovenoso ("pelos canos"); ou sob a forma de uma base, o crack que é pouco solúvel em água, mas que se volatiliza quando aquecida portanto, é fumada em "cachimbos". Também sob a forma base, a merla (mela, mel ou melado) preparada de forma diferente do crack, também é fumada. [...]

Mais Vendidos educação

A ética da educação

 Sociedade   |  Educação   |  Estudo   |  14/03/2007   |  BR   |   .doc   |   5 páginas

Cronologia educação no mundo no Brasil de 1500 a 2007

 Sociedade   |  Educação   |  Estudo   |  27/03/2008   |  BR   |   .pdf   |   96 páginas

Últimos trabalhos educação

Literatura Infantil em Sala de Aula

 Sociedade   |  Educação   |  Estudo   |  03/07/2013   |  BR   |   .doc   |   10 páginas

Literatura Infantil

 Sociedade   |  Educação   |  Estudo   |  18/06/2013   |  BR   |   .doc   |   9 páginas