Search icone
Permuta de Trabalhos Acadêmicos
Garantias
Leia mais sobre as nossas garantias.

Socialização e gênero em questão

Informações sobre o autor

 
Nível
Avançado
Estudo seguido
sociologia
Faculdade
UECE

Informações do trabalho

Sydneia De Oliveira B.
Data de Publicação
Idioma
português
Formato
Word
Tipo
estudo
Número de páginas
6 páginas
Nível
avançado
Consultado
0 vez(es)
Validado por
Comitê Facilitaja
0 Avaliaçao cliente
0
escrever um comentário
  1. SOCIALIZAÇÃO E GÊNERO EM QUESTÃO

Nos processos de socialização, as diferenças entre os sujeitos são usadas muitas vezes como referências de reconhecimento entre o Eu e o Outro.
No caso da categoria gênero, as diferenças não só distribuem os papéis sociais mas também orientam as ações, capazes de construir identidades.
O presente artigo mostra que a socialização é para além disso, sendo possível compreender que os parâmetros de distinção não devem ser entendidos como imutáveis.

[...] In: GILARDI-LUCENA, Maria Inês (org.). Representações do Feminino. Campinas, SP, Átomo. SANTOS, Maria Inês Detsi de Andrade. (2001). Gênero e Comunicação: masculino e feminino em programas populares de rádio. Tese de Doutorado, Universidade Federal do Ceará, mimeo. SILVA, Andréia Cristina Lopes Frazão da. (2003). Gênero: uma categoria útil para estudo do corpo e da saúde? Disponível em: http://www.unb.br/ih/his/gefem/labrys5/textos/andreia.htm Acesso em: 06/04/08. SIMONETTI JR, João Carlos. (2003). ?Discurso jornalístico e representações de identidade?. In: GOMES, Itania Maria Mota e SOUZA, Maria Carmem Jacob de. [...]


[...] Isso porque realidade da vida cotidiana contém esquemas tipificadores [de ações e papéis] em termos dos quais os outros são apreendidos, sendo estabelecidos os modos como ?lidamos' com eles nos encontros face a face.? (BERGUER & LUCKMAN p.49). ?Pode-se ver facilmente que a construção de tipologias dos papéis é um correlato necessário da institucionalização da conduta. As instituições incorporam-se à experiência do indivíduo por meio dos papéis ( . ) Ao desempenhar papéis, o indivíduo participa de um mundo social. [...]


[...] BOURDIEU, Pierre. (2007). A Dominação Masculina. Tradução de Maria Helena Kühner. 5ª edição, Rio de Janeiro, Bertrand Brasil. O Poder Simbólico. (2005). Tradução de Fernando Tomaz. 8ª edição, Rio de Janeiro, Bertrand Brasil. (1996). Razões Práticas: Sobre a teoria da ação. Tradução de Mariza Corrêa. 4ª edição, Campinas, SP, Papirus. CONFORTIN, Helena. (2003). ?Discurso e gênero: a mulher em foco?. In: GILARDI-LUCENA, Maria Inês (org.). Representações do Feminino. Campinas, SP, Átomo. GIDDENS, Anthony. [...]

Mais Vendidos sociologia

As etapas do pensamento sociológico

 Sociedade   |  Sociologia   |  Estudo   |  22/02/2007   |  BR   |   .doc   |   20 páginas

Sociologia Histórica

 Sociedade   |  Sociologia   |  Estudo   |  27/02/2013   |  BR   |   .doc   |   13 páginas

Últimos trabalhos sociologia

O Governo Representativo: Transformações das Características e Limitações das Teorias

 Sociedade   |  Sociologia   |  Estudo   |  28/02/2013   |  BR   |   .doc   |   9 páginas

Sociologia Histórica

 Sociedade   |  Sociologia   |  Estudo   |  27/02/2013   |  BR   |   .doc   |   13 páginas