Search icone
Permuta de Trabalhos Acadêmicos
Garantias
Leia mais sobre as nossas garantias.

Modelo de gestão – setor de auto peças

Informações sobre o autor

autônoma
Nível
Especializado
Estudo seguido
Letras

Informações do trabalho

Data de Publicação
Idioma
português
Formato
Word
Tipo
estudo de caso
Número de páginas
11 páginas
Nível
Especializado
Consultado
5 vez(es)
Validado por
Comitê Facilitaja
0 Avaliaçao cliente
0
escrever um comentário
  1. A organização objeto estudo
    1. Modelo de Gestão
    2. Fatores constatados na empresa
  2. Análise crítica e proposições
    1. Problema
    2. Especificações e condições-limite do problema
    3. Resultados para solução do problema
    4. Alternativas para a solução do problema
  3. Conclusão
  4. Referências

O setor de autopeças relaciona-se intimamente às montadoras de veículos (tanto veículos de passeio quanto caminhões).
O objeto de estudo deste trabalho é analisar uma empresa no segmento de autopeças para verificar as causas da perda de 12% do mercado e, procurar soluções para o problema. Para isso foi feita uma avaliação diagnóstica a fim de identificar os principais fatores motivando a realização de uma pesquisa junto aos clientes, que deixaram de comprar nos últimos 12 meses.
Observou-se que, 13% alegam entrega fora do prazo, 25% problemas de atendimento da área de vendas, 18% de entregas de peças com defeito, 20% de falta de lançamentos e atualizações nos produtos, 14% de falta de atenção aos requisitos estabelecidos ao cliente e 10% de outros problemas.
Nesse mesmo período a matriz da organização estabeleceu um plano de metas ousado para sua filial que envolvia a expansão de mercado em 30%, com aumento mínimo de lucratividade de 16%.

[...] Assim é que se verificou um elevado nível de investimentos do setor e também a busca de associações e acordos tecnológicos. O caminho da integração dos Sistemas de Gestão pode não ser tão fácil como se imagina, devido às mais diversas causas, tais como: Deve-se levar em conta que a matriz é em Londres todos os projetos provêm de parcerias. De acordo com os dados fornecidos deve-se levar em conta que levará um prazo de três anos para implementar o plano de metas Resultados para solução do problema Toda empresa conta com diversas ferramentas para a resolução de problemas. [...]


[...] 2ª Alternativa: Kanban De acordo com Schonberger (1988), esse processo de produção em massa, também conhecido como processo de empurrar a produção funciona da seguinte maneira: a Direção da empresa resolve pelo lançamento de um novo produto, comunica a decisão à Engenharia de Produto, que desenvolve a idéia, projeta o bem e envia a documentação para a Engenharia Industrial, que, por sua vez, desenvolve o processo, os dispositivos, e remete as ordens para o Setor de Produção, que fabrica o novo produto; o produto final é transferido para o armazém, de onde o Setor de Marketing se esforça para enviá-lo ao consumidor. [...]


[...] Existe espaço para crescimento desta indústria, porém registram-se dificuldades uma vez que, o setor é formado em sua maioria por pequenas e médias empresas de capital e atuação nacional. O cenário é desfavorável para aquelas firmas que não são especializadas ou não detêm tecnologia ou não estão inseridas em programas de reduções crescentes de custos e de aumento de qualidade. Muitas empresas continuarão a atuar apenas no mercado de reposição, onde há mais liberdade de preços, mas que atualmente encontra-se estagnado. [...]

Estes documentos podem interessar a você

A importância da gestão de estoque: estudo de caso em uma empresa de auto-peças

 Administração e marketing   |  Administração   |  Estudo de caso   |  03/01/2007   |  BR   |   .doc   |   34 páginas

Últimos trabalhos administração

Relação do Estado das Estradas e a Qualidade da Maçã

 Administração e marketing   |  Administração   |  Estudo   |  11/06/2013   |  BR   |   .doc   |   18 páginas

Produção e Gestão da Serraria

 Administração e marketing   |  Administração   |  Estudo   |  16/08/2012   |  BR   |   .doc   |   35 páginas