Search icone
Permuta de Trabalhos Acadêmicos
Garantias
Leia mais sobre as nossas garantias.

Cetoacidose diabética

Informações sobre o autor

 
Nível
Especializado
Estudo seguido
medicina
Faculdade
Universidad...

Informações do trabalho

Data de Publicação
Idioma
português
Formato
.ppt
Tipo
estudo dirigido
Número de páginas
48 diapositivo
Nível
Especializado
Consultado
0 vez(es)
Validado por
Comitê Facilitaja
0 Avaliaçao cliente
0
escrever um comentário

Pâncreas: Glândula mista ou anfícrina - Função exócrina - Função endócrina Ilhotas de Langerhans: - Células ? (60%): Insulina - Células ? (25%): Glucagon - Células ? (10%): Somatostatina - Células PP (5%): Polipeptídio Pancreático Cetoacidose diabética: Complicação aguda e grave do DM 1 Mortalidade: Não tratada: 100%; Tratada: 5% INTRODUÇÃO: Conceito DM: A diabetes mellitus é uma síndrome em que existe um perturbação da homeostasia da energia causada por uma deficiência em insulina ou na sua ação, resultando no metabolismo anormal de carboidratos, proteínas e lipídeos A diabetes mellitus é a patologia endócrina/ metabólica mais frequente na infância e adolescência DM TIPO 1: Diabetes tipo 1 (diabetes mellitus insulino-dependente, DMID) Deficiência grave de insulina Inicia-se predominantemente na infância Mecanismos Auto-imunes Idiopático FISIOPATOLOGIA:...

[...] Louis: Mosby-Year Book, Inc., 1998:844-52. Kohane DS, Tobin JR, Kohane IS. Endocrine, Mineral, and Metabolic Disease in Pediatric Intensive Care. In: Rogers, ed. Textbook of Pediatric Intensive Care. Third Edition. Baltimore: Williams & Wilkins, 1996:1261-72. Magee MF, Bhatt [...]


[...] tratada: 100% Tratada: INTRODUÇÃO Conceito DM: A diabetes mellitus é uma síndrome em que existe um perturbação da homeostasia da energia causada por uma deficiência em insulina ou na sua ação, resultando no metabolismo anormal de carboidratos, proteínas e lipídeos A diabetes mellitus é a patologia endócrina/ metabólica mais frequente na infância e adolescência DM TIPO 1 Diabetes tipo 1 (diabetes mellitus insulino-dependente, DMID) Deficiência grave de insulina Inicia-se predominantemente na infância Mecanismos Auto-imunes Idiopático FISIOPATOLOGIA Fatores genéticos Ataque auto-imune (Teixeira Neto, 2003; Contran et al., 2000) FISIOPATOLOGIA DM 1 ALTERAÇÕES METABÓLICAS Integração das vias na regulação do Metabolismo dos Carboidratos Período pós-refeição Integração das vias na regulação do Metabolismo dos Carboidratos Período de Jejum CETOACIDOSE DIABÉTICA Conceito: Situação de descompensação com Hiperglicemia Glicemia maior ou igual a 300 mg/dl Acidose metabólica pH menor ou igual 7,1 e/ou bicabornato sérico menor que 15 mEq/l Cetonúria ou cetonemia CARACTERÍSTICAS O Desenvolvimento da Cetoacidose Diabética (CAD) CETONEMIA Cetonemia Principais cetoácidos na CAD Ácido beta-hidroxibutírico Ácido acetoacético Plasma dissociam em Cetoânions Beta- hidroxibutirato Acetoacetato DISTÚRBIOS HIDROELETROLÍTICOS Aumento osmolaridade sérica Saída de fluido do compartimento intra para extra-celular carreando eletrólitos Cl, fosfato) Eliminados na urina em grande quantidade pela diurese osmótica conseqüente à hiperglicemia DISTÚRBIOS HIDROELETROLÍTICOS Paradoxo K e fosfato Apesar da perda, níveis normais ou : Insulina - sai K e fosfato das células Hiperosmolaridade extrai água e K das células Acidemia entra e sai K da célula FATORES PRECIPITANTES Infecção 40% Pneumonia Infecção do trato urinário Gastroenterite Sub-doses de insulina Diabetes de início recente Abuso de bebidas alcoólicas Gestação (2ª metade) Idiopático QUADRO CLÍNICO Anamnese Poliúria, polidipsia, polifagia Astenia e perda ponderal Náuseas e vômitos por gastroparesia Dor abdominal intensa Exame físico Hipoidratado Taquicardia Respiração de Kussmaul acidemia - FR Hálito cetônico Alterações do nível de consciência Foco de infecção EXAMES Leucocitose mesmo sem infecção 10.000 25.000 /mm3 Culturas e exames de imagem Direcionados para sítios de infecção Uréia e creatinina pela desidratação Falsamente - creatinina confundida com acetoacetato Dosagem de eletrólitos K e fosfato: normal ou aumentado Na: pseudo-hiponatremia Osmolaridade da glicemia água e diluição do Na Hipertrigliceridemia grave falsamente o Na sérico Glicemia Na: 100 pontos de glicemia 1,6 Na EXAMES Glicemia Hiperglicemia >250mg/dL Gasometria Acidose metabólica pH < 7,30 Bicarbonato < 15mEq/L Pesquisa de cetonemia e urina* Cetonúria significativa Cetonúria ou Cetonemia Positiva na diluição de 1:2 CONDUTA Objetivos Restabelecer volemia Queda da glicose até níveis aceitáveis Resolução da cetoacidose Correção dos DHE TRATAMENTO Expansão do volume intravascular A desidratação de 10% O soro para hidratação deve ser isotônico Reduz ligeiramente a glicemia raramente é necessário mais de 20ml/kg para equilíbrio hemodinâmico TRATAMENTO Terapêutica com insulina A perfusão contínua de insulina ev em doses baixas 0,1 U/kg/h) é eficaz, simples e fisiologicamente adequada Objetivo Diminuir lentamente a glicemia 100 mg/dL/h) Gasometrias freqüentes Para assegurar a resolução da acidose metabólica TRATAMENTO A insulina utiliza-se para tratar a acidose, não a hiperglicemia a insulina não deve nunca ser suspensa enquanto persistir acidose Quando a acidose estiver corrigida, a perfusão de insulina pode ser suspensa e iniciada insulina subcutânea Com este esquema, a CAD é em geral corrigida em 36 a 48 horas TRATAMENTO Administra-se precocemente, já que a resolução da acidose e a administração de insulina reduzem o sérico Fosfato Adicionar-se fosfato como KPO4 especialmente se o cloro sérico estiver elevado Na+ O Na+ corrigido = Na+ medido + 0,016 (glucose medida - 100) Se o Na+ não aumentar verdadeira hiponatremia Bicarbonato Raramente se administra bicarbonato Aumenta a acidose cerebral o HCO3- combina-se com o e dissocia-se em CO2 e H2O. [...]

Estes documentos podem interessar a você

Tratamento do diabetes mellitus - não-medicamentoso, medicamentoso e complicações agudas

 Biologia e medicina   |  Medicina   |  Estudo   |  04/06/2007   |  BR   |   .ppt   |   51 páginas

Cetoacidose diabética

 Biologia e medicina   |  Medicina   |  Estudo dirigido   |  06/07/2007   |  BR   |   .ppt   |   53 páginas

Mais Vendidos medicina

Colecistopatias

 Biologia e medicina   |  Medicina   |  Estudo dirigido   |  09/10/2007   |  BR   |   .ppt   |   54 páginas

Patologias cirúrgicas do Baço

 Biologia e medicina   |  Medicina   |  Estudo dirigido   |  21/06/2007   |  BR   |   .ppt   |   64 páginas