Search icone
Permuta de Trabalhos Acadêmicos
Garantias
Leia mais sobre as nossas garantias.

O desenvolvimento psicomotor do portador de necessidade especiais de 0 a 6 anos

Informações sobre o autor

 
Nível
Para todos
Estudo seguido
outros
Faculdade
UNIFENAS

Informações do trabalho

Data de Publicação
Idioma
português
Formato
Word
Tipo
estudo
Número de páginas
24 páginas
Nível
Para todos
Consultado
2 vez(es)
Validado por
Comitê Facilitaja
0 Avaliaçao cliente
0
escrever um comentário
  1. Introdução
  2. Aprendizagem
  3. Dificuldades de aprendizagem
    1. Dificuldade transitória numa única área
    2. Dificuldade global
    3. Disfunção cerebral
  4. O desenvolvimento psicomotor do portador de necesidade especial dos 0 aos 6 anos de idade
    1. Áreas Psicomotoras
  5. Conclusão
  6. Referências bibliográficas

O presente trabalho se propõe a pesquisar sobre o tema ?A Psicomotricidade e o Portador de Necessidade Especial?, delimitando-se o estudo à pesquisa do desenvolvimento psicomotor do Portador de Necessidades Especiais de 0 a 6 anos de idade.
Neste sentido, questiona-se: de que maneira e até que ponto a psicomotricidade pode intervir para uma melhor aprendizagem do portador de necessidade especial?
São objetivos desta pesquisa: definir aprendizagem; conceituar o que são necessidades especiais; conceituar psicomotricidade; conhecer a importância da psicomotricidade no processo de ensino-aprendizagem para o portador de necessidade especial; e sugerir atividades que podem auxiliar nas diversas áreas de comprometimento do portador de necessidade especial.
A criança portadora de necessidades especiais, além de direito, tem a necessidade de cursar uma escola normal. A escola, na nossa cultura é uma representante da sociedade. Portanto, alguém que freqüenta a escola se sente mais reconhecido socialmente do que aquele que não freqüenta.
Seja qual for o problema ou o grau de deficiência temos que minimizar os efeitos de tantos anos de exclusão buscando formas de incluir esse alunado, escolar e socialmente, alterando nossas atitudes e buscando alternativas que possam fazer com que esse ser descubra suas potencialidades e desenvolva suas habilidades. Ao reformular seus conceitos e reestruturar nossas ações educativas através do conhecimento, estaremos humanizando mais a educação e valorizando as aptidões dos alunos em detrimento de suas inabilidades.
O estudo da psicomotricidade pode alterar nosso comportamento uma vez que a motricidade humana, a única que se pode denominar por psicomotora, é distinta da motricidade humana, por analogia a única susceptível de se designar por psicomotricidade, exige a tomada de consciência, uma vontade motivacional e um sistema representações, tendo adquirido, por meio dela, ?órgãos? muito especializados que trabalham por ele com mais rendimento e disponibilidade.
Todas essas razões justificam esta pesquisa pela importância da psicomotricidade para o desenvolvimento do ser humano, que será estimulado e terá sua auto-estima elevada.
O trabalho com a Psicomotricidade dos 0 aos 6 anos pode influenciar no desenvolvimento do portador de necessidade especial.
A pesquisa bibliográfica procura explicar um problema a partir de referências teóricas publicadas, buscando conhecer e analisar as contribuições culturais ou científicas do passado existentes sobre um determinado assunto, tema ou problema.
O presente estudo foi dividido em 5 etapas, a saber: (a) levantamento do referencial teórico; (b) seleção do referencial teórico apropriado a presente investigação; (c) leitura crítico-analítica do referencial selecionado; (d) organização dos dados levantados e (e) elaboração do relatório final.

[...] Após alguns meses de trabalho 6 meses) dentro da sala de aula sem um progresso na aprendizagem o aluno merece uma atenção especial e deverá ser encaminhado à orientação pedagógica da escola que já deve estar ciente do caso. São crianças muitas vezes consideradas como imaturas que não evoluíram satisfatoriamente. O diagnóstico da dificuldade pode ser muito precoce, a nível do Jardim de Infância. O desenvolvimento da linguagem e do grafismo ajudam muito a Educadora identificar estes problemas. Por exemplo, uma criança de 5 anos que não apresenta capacidade para identificar e desenhar alguns símbolos como o círculo, quadrado ou triângulo, que não percebe cores básicas (branco e preto), que não interpreta histórias simples, deve ser vista como um quadro mais preocupante . [...]


[...] A repetição neste caso não é uma boa estratégia, por isso o professor deve usar de muita criatividade na abordagem de diferentes facetas de um mesmo ponto a ser estudado. Trabalha-se com essa dificuldade e ela obtém sucesso. Afeta transitoriamente uma certa área Dificuldade global É uma situação mais preocupante. Pode ser grave e envolve aspectos sociais, culturais e emocionais. Por exemplo: Escola A criança é transferida de uma escola menos exigente para uma outra mais exigente; A criança pode ter saído muito bem na primeira e apresentar uma inadaptação global na segunda; Didática deficiente ou inadequada que não permite a criança constituir o seu conhecimento; Falta de estimulação - (salário, formação insuficiente, falta de reciclagem) Família Família desorganizada: excesso de atividades extra-escolares como, informática, desportos, excesso de televisão, vídeo game, ausências de rotinas de estudo; Crianças muito dependentes ou com problemas emocionais (pais alcoólatras, exigentes) não conseguem apresentar assimilar os novos conteúdos - Culturais Crianças que mudam de país e precisam se adaptar a outra língua e cultura - Medicamentos Uso de medicamentos cujos efeitos colaterais interferem na aprendizagem. [...]


[...] A principal função psicomotora é um bom desenvolvimento da estruturação do esquema corporal que mostre a evolução da apresentação da imagem do corpo e o reconhecimento do próprio corpo, evolução de preensão e da coordenação óculo-manual que nos proporciona a fixação ocular e prensão e olhar e desenvolvimento da função tônico e da postura em pé e reflexos arcaicos da estruturação espaço-temporal (tempo, espaço, distância e retina). Um perfeito desenvolvimento de nosso corpo ocorre não somente mecanicamente, mas sim que são aprendidos e vivenciados junto a família, onde a criança aprende a formar a base da noção de seu 'eu corporal'. [...]

Mais Vendidos medicina

Colecistopatias

 Biologia e medicina   |  Medicina   |  Estudo dirigido   |  09/10/2007   |  BR   |   .ppt   |   54 páginas

Patologias cirúrgicas do Baço

 Biologia e medicina   |  Medicina   |  Estudo dirigido   |  21/06/2007   |  BR   |   .ppt   |   64 páginas

Últimos trabalhos medicina

Fisiologia e Anatomia em Otorrinolaringologia

 Biologia e medicina   |  Medicina   |  Estudo   |  25/09/2012   |  BR   |   .ppt   |   13 páginas

Diagnóstico e tratamento das Otites

 Biologia e medicina   |  Medicina   |  Estudo   |  25/09/2012   |  BR   |   .ppt   |   27 páginas