Search icone
Permuta de Trabalhos Acadêmicos
Garantias
Leia mais sobre as nossas garantias.

Técnica cirúrgica e anestesiologia

Informações sobre o autor

Professora de Genética - Professora de Melhoramento...
Nível
Especializado
Estudo seguido
Médica...

Informações do trabalho

Data de Publicação
Idioma
português
Formato
Word
Tipo
estudo dirigido
Número de páginas
10 páginas
Nível
Especializado
Consultado
4 vez(es)
Validado por
Comitê Facilitaja
0 Avaliaçao cliente
0
escrever um comentário
  1. O MANDARIM ? RESUMO DA OBRA

Medicação Pré-anestésica (MPA)

MPA consiste na utilização de medicamentos antes da anestesia, para aumentar a segurança do ato anestésico, com o objetivo de preparar (tranqüilizar) o animal para o ato anestésico. É de extrema importância o cálculo correto da dosagem desta medicação.

Indicações:
1. Para que o animal passe o segundo estágio de Guedel sem ficar excitado, agressivo ou agitado, ou seja, tranqüilizar o animal (sedação, contenção);
2. Diminuir a dose do anestésico geral, diminuindo a intoxicação causada por este anestésico;
3. Por usar uma dose menor, o retorno da anestesia é mais tranqüilo;
4. Permite o uso de anestésico volátil (com máscara), sem o uso de barbitúricos;
5. Diminuir a dor no pré e pós-operatórios;
6. Permitir procedimentos com anestésico local;
7. Evitar ou induzir o vômito, de acordo com a necessidade ? dependendo da medicação usada;
8. Relaxamento muscular ? facilitando a cirurgia;
9. Diminuir as secreções.

Principais grupos farmacológicos:
1. Fármacos anticolinérgicos: seu principal uso é para diminuir as secreções (salivação).
2. Fármacos tranqüilizantes: são sedativos, não concedem analgesia.
3. Fármacos ansiolíticos: são relaxantes.
4. Fármacos hipnoanalgésicos: possuem efeito hipnótico e analgésico.
5. Outros fármacos.

1- Anticolinérgicos
Os anticolinérgicos são também chamados de antiparassimpáticos, colinolíticos, atropínicos ou parassimpatolíticos. Inibem os efeitos do parassimpático, ou seja, os efeitos da estimulação vagal.
Sua principal função é diminuir a salivação, impedindo a obstrução das vias respiratórias.
Quando a cirurgia for envolver estimulação do parassimpático, é necessário o uso pré-operatório de um medicamento anticolinérgico: alguns fármacos podem causar estimulação vagal; a manipulação do globo ocular; pressão em vísceras; manipulação da glote; entre outros.

Principais efeitos do parassimpático (estimulação vagal): Aumento do peristaltismo, bradicardia, vasodilatação, broncoconstrição, miose, aumento da salivação, hipotensão.

[...] Tranqüilizantes São os neurolépticos, deprimem o SNC, agindo principalmente na substância reticular mesencefálica, que é responsável pelo ciclo do sono e da vigília animal pode até dormir, mas acorda facilmente). Não são analgésicos, não sendo indicados para procedimentos cruentos. Não são miorrelaxantes e não possuem efeito sobre o sistema respiratório. Suas principais ações são: Diminuem a resposta motora aos estímulos externos, causando sonolência e lentidão; Inibem o centro do vômito (ação antiemética). Possuem ação anti-histamínica; Estimulam o sistema extrapiramidal podendo provocar convulsões; Promovem estímulo vagal (vasodilatação periférica - hipotensão); Possuem forte estímulo colinérgico e pouca ação adrenérgica. [...]


[...] Sua administração pode ser via intravenosa (diluído e administrado lentamente, evitando a hipotensão que seria causada caso aplicasse rapidamente), via intramuscular profunda ou subcutânea. Dose indicada: 1 mg/kg Derivados das butirofenonas: Droperidol: poder de ação de aproximadamente uma hora, se administrado via IV ou IM. Possui efeito menos prolongado que os derivados da fenotiazinas. Age como a Acepran, só que causa menos convulsão. Em associação ao Fentanil provoca neuroleptoanalgesia. Dose indicada: 1 a 2 mg/kg Azaperone (via IM profunda): é basicamente usado em suínos, para transportá- los, pois são animais muito estressados. [...]

Estes documentos podem interessar a você

Cirurgia veterinária

 Biologia e medicina   |  Veterinária   |  Dissertação   |  09/07/2008   |  BR   |   .doc   |   96 páginas

Mais Vendidos veterinária

Herpesviridae

 Biologia e medicina   |  Veterinária   |  Artigo   |  29/06/2008   |  BR   |   .doc   |   19 páginas