Search icone
Permuta de Trabalhos Acadêmicos
Garantias
Leia mais sobre as nossas garantias.

A responsabilidade social empresarial

Informações sobre o autor

 
Nível
Para todos
Estudo seguido
direito...
Faculdade
FPM...

Informações do trabalho

Data de Publicação
Idioma
português
Formato
Word
Tipo
estudo
Número de páginas
25 páginas
Nível
Para todos
Consultado
6 vez(es)
Validado por
Comitê Facilitaja
0 Avaliaçao cliente
0
escrever um comentário
  1. Introdução
  2. Referecencial teórico
    1. Definições, conceitos e considerações sobre ética e responsabilidade social
    2. A contribuição da RSC para a imagem das organizações
  3. Conclusão
  4. Referências bibliográficas

Drucker (2002, p.32) afirma que ?a terceira das tarefas da administração é administrar os impactos sociais e as responsabilidades sociais da Empresa?. O autor (op.cit.) argumenta que nenhuma instituição existe por si só e nem representa um fim em si mesma, que cada organização é um organismo da sociedade e existe em função dessa mesma sociedade. Sendo assim, não se justifica a livre empresa por ser boa para os negócios e sim por ser boa para a sociedade. Justificando a necessidade da prática da RSE, o autor (ibid. P.33) considera que:

?Para desempenhar sua tarefa, para produzir bens e serviços econômicos, a empresa comercial tem de causar impactos sobre o público, comunidades e sociedade. Tem de ter poder e autoridade sobre pessoas [] Tem de causar impacto sobre a comunidade como um vizinho, como fonte de empregos e de receita tributária, mas também como produtora de resíduos e poluentes. E, cada vez mais, nesta nossa sociedade pluralista de organizações, tem de se juntar às preocupações fundamentais da comunidade com os aspectos qualitativos da vida, isto é, bens e serviços econômicos, preocupação com a qualidade de vida, ou seja, com o ambiente físico, humano e social do homem moderno e da sociedade moderna.?

Se a prática da RSC representa uma exigência da sociedade, por outro lado, muitas empresas têm investido na responsabilidade social como forma de fortalecimento e melhoraria da sua imagem perante seus públicos-alvo, buscando como contra-partida, o retorno financeiro, através do incremento da venda de seus produtos. Os problemas sociais, portanto, ao tempo em que representam desafios, convertem-se em oportunidades de negócios.

Para realização desta pesquisa será utilizado o método da pesquisa exploratória-descritiva e para efeito de técnica a pesquisa de campo. A pesquisa exploratória será pautada na análise de diversos autores que dirimem idéias sobre o assunto através de teses, artigos, livros, periódicos e revistas. Já a pesquisa de campo será realizada, em parte, em shopping centers e supermercados de Salvador/BA, em razão da diversidade de perfis sócio-econômicos de seus freqüentadores.

[...] Pensar a responsabilidade social para com o stakeholder é concentrar-se nas obrigações que uma organização tem para com aqueles que podem afetar a realização de seus objetivos (BERKOWITZ et al., 2003). A responsabilidade social corporativa tem como princípio que a atividade de negócios e a sociedade estão interligadas. Isso cria certas expectativas na sociedade em relação à forma como a organização se comporta e gerencia seus negócios, ou seja, para inserir a responsabilidade social nos negócios é necessário estabelecer uma nova relação da organização com seus públicos. [...]


[...] ] A administração de uma empresa terá falhado se não for bem-sucedida na produção de resultados econômicos Nas últimas décadas, os estudos sobre responsabilidade social partiram de uma visão econômica clássica (geração de lucro) - defendida por Friedman (1970) - chegando ao conceito de empresa socialmente responsável (visão atual e estratégica). Na visão econômica clássica, tão amplamente divulgada por Friedman[4], a única responsabilidade social da empresa é a de gerar lucros e riqueza para seus acionistas, tendo, portanto, como responsabilidade o desempenho econômico. [...]


[...] Conforme os conceitos explicitados pelos diferentes autores, verifica-se que as ações de responsabilidade social precisam ser incorporadas à dinâmica empresarial para que atinjam os resultados desejados, quer pela sociedade, quer pelas Organizações que a praticam. Carroll apud Borger (2001, propôs um modelo conceitual sobre o tema através da pirâmide da responsabilidade social conforme a figura FIGURA I PIRÂMIDE DA SER De acordo com a pirâmide, a responsabilidade social está subdividida em quatro tipos: Responsabilidade Econômica Os negócios têm a responsabilidade econômica em suas atividades. [...]

Estes documentos podem interessar a você

Importância da responsabilidade social da empresa na mudança e progresso social

 Sociedade   |  Assuntos sociais   |  Artigo   |  09/09/2006   |  BR   |   .doc   |   5 páginas

Relatórios ambientais

 Sociedade   |  Ecologia & meio ambiente   |  Estudo   |  11/11/2008   |  BR   |   .ppt   |   34 páginas

Últimos trabalhos direito (outro)

Direito Comercial

 Direito e contrato   |  Outro   |  Estudo   |  25/11/2013   |  BR   |   .doc   |   6 páginas

Direiro Ambiental

 Direito e contrato   |  Outro   |  Estudo   |  25/11/2013   |  BR   |   .doc   |   5 páginas