Search icone
Permuta de Trabalhos Acadêmicos
Garantias
Leia mais sobre as nossas garantias.

A evolução do PIB nos governos

Informações sobre o autor

 
Nível
Para todos
Estudo seguido
economia
Faculdade
centro...

Informações do trabalho

Data de Publicação
Idioma
português
Formato
Word
Tipo
estudo
Número de páginas
16 páginas
Nível
Para todos
Consultado
4 vez(es)
Validado por
Comitê Facilitaja
0 Avaliaçao cliente
0
escrever um comentário
  1. Análise do PIB brasileiro por governos
    1. A economia brasileira na década de 70 - a origem da crise
    2. Governo de João Batista de Oliveira Figueiredo (1979 - 1984)
    3. Governo de José Sarney (1985-1989)
    4. Governo de Fernando Afonso Collor de Melo (1990 - 1992)
    5. Governo de Itamar Augusto Cautiero Franco - (1993 - 1994)
    6. Governo de Fernando Henrique Cardoso (1994 - 2002)
    7. Governo de Luiz Inácio Lula da Silva (2003 - 2006)

O produto interno bruto (PIB) representa a soma em valores financeiros de toda a produção econômica de uma determinada região ou parcela da sociedade (países, estados, etc), durante um período determinado (mês, trimestre, ano, etc).

Para medir essa produção econômica utiliza-se basicamente o produto interno bruto (PIB), que pode ser calculado de três maneiras diferentes: como a soma de todos os bens e serviços finais produzidos durante um período de tempo pela economia interna de um país ou como a soma do valor agregado criado por uma economia durante um determinado período de tempo e por último considerá-lo a soma das rendas geradas num país.

O objetivo deste trabalho será abordar a evolução do PIB por governos, a partir da década de 80 até os dias atuais e quais políticas adotadas influenciam no seu crescimento.

[...] O Plano Cruzado de imediato controlou a inflação e proporcionou aumento do poder aquisitivo da população e crescimento do consumo em todas as classes sociais. Meses depois, o plano começou apresentar problemas, as mercadorias desapareceram das prateleiras dos supermercados, os consumidores foram obrigados a pagar mais em relação ao preço estipulado pelo congelamento. Depois do fracasso do plano cruzado, a taxa mensal da inflação disparou de em outubro de 1986 para 27,7% em maio de 1987. Dessa forma, o déficit do setor público aumentou de do PIB em 1986 para em 1987. [...]


[...] No governo Itamar Franco este número atingiu crescendo nas duas administrações de FHC para e por fim, no governo Lula, já batendo o patamar de praticamente 40% do PIB. Ou seja, cada governo que passa retira maior parcela da riqueza dos bolsos da população com vistas a custear sua estrutura e funcionamento. O PIB acumulado nos quatro trimestres de 2004 cresceu em relação ao ano anterior, sua maior taxa anual desde 1994 em relação a 1993). A taxa do PIB resultou da elevação de no Valor Adicionado a preços básicos e do aumento de nos Impostos sobre Produtos. [...]


[...] Considerando-se este tipo de comparação o Consumo do Governo ampliou-se em CONCLUSÃO Através desse trabalho, explicamos o que ocorreu com o PIB no Brasil em cada ano, desde a década de 1980 e suas variações que ocorreram durante cada governo de forma clara e marcante para a economia brasileira. O PIB brasileiro passou por muitas oscilações ao longo dos anos citados, passando por um recesso em 1979 devido a crise do petróleo e com ela a dívida externa, porém em 1984 há uma reestruturação na [...]

Últimos trabalhos economia

Contribuição Sindical

 Economia e finanças   |  Economia   |  Estudo   |  21/11/2012   |  BR   |   .doc   |   6 páginas

Vantagens de Negocições Extrajudiciais

 Economia e finanças   |  Economia   |  Estudo   |  01/12/2011   |  BR   |   .doc   |   27 páginas