Search icone
Permuta de Trabalhos Acadêmicos
Garantias
Leia mais sobre as nossas garantias.

O estresse infantil

Informações sobre o autor

 
Nível
Para todos
Estudo seguido
educação
Faculdade
Pedagogia

Informações do trabalho

Data de Publicação
Idioma
português
Formato
Word
Tipo
monografia
Número de páginas
32 páginas
Nível
Para todos
Consultado
3 vez(es)
Validado por
Comitê Facilitaja
0 Avaliaçao cliente
0
escrever um comentário
  1. O ESTRESSE
  2. O ESTRESSE INFANTIL
  3. A RELAÇÃO: CRIANÇA, FAMÍLIA E ESCOLA
  4. DIAGNÓSTICO, SINTOMAS, PREVENÇÃO E SUGESTÕES PARA ALIVIAR O ESTRESSE

Este trabalho tem como objetivo abordar o Estresse Infantil, de modo que pais e professores conheçam mais sobre o assunto que é pouco conhecido no Brasil e que muitas vezes é confundido com mau comportamento e rebeldia. As pressões que, tanto a família quanto a escola, fazem em cima da criança, para que ela cresça depressa, podem causar transtornos em sua vida, chegando até ao estresse. Os fatores que contribuem para o desencadeamento de transtornos que podem ser não só físicos mas também psicológicos acarretam problemas emocionais e de aprendizagem na vida das crianças. A melhor maneira para evitar que as conseqüências do estresse infantil sejam sérias é que pais e professores façam a prevenção e que também identifiquem as possibilidades de redução do estresse infantil, usando sugestões de relaxamento que é uma boa opção para tranqüilizar não só a criança como também o ambiente onde ela está inserida. Antes pensava-se que o estresse era apenas para os adultos. Todavia, esse mal também pode atingir as crianças e, se não for diagnosticado e nem tratado a tempo, tornando-se um estresse excessivo, pode trazer conseqüências muito sérias não só na infância como também na fase adulta.

[...] Esse processo de exaustão poderá culminar no que Selye denominou ?doenças adaptação'? O ESTRESSE INFANTIL Acreditava-se que o estresse era exclusividade dos adultos e as crianças estavam imunes a esse fenômeno porque elas não tinham ?problemas?. Porém, nos últimos anos, as pesquisas têm dado atenção para a ocorrência de estresse na infância, mas é pouquíssimo conhecido no Brasil. As crianças sofrem os efeitos do estresse do mesmo jeito que os adultos, contudo de outras maneiras, sendo que a diferença está no tipo de situação capaz de desencadeá-lo, o que também traz sérias consequências no cotidiano da criança, mais graves nelas do que nos adultos. [...]


[...] Pensando nas crianças que apresentam estresse, que pode ser benigno, mas que é muito mais maligno, como evitar que o estresse infantil cause dificuldades de aprendizagem e problemas emocionais? A resposta desse problema incide diretamente no objetivo deste trabalho que é identificar as possibilidades de redução do estresse da criança, tanto no ambiente familiar quanto no escolar, prevenindo-se, assim, problemas emocionais e de aprendizagem. O trabalho é composto por quatro capítulos. Primeiramente vem explicando sobre o que é o estresse em si, sua origem, seus tipos e níveis. [...]


[...] São fatos como maturidade, independência e responsabilidades precoces, que contribuem para que o estresse na infância venha a ocorrer. ( . ) o conceito de meninice estava ameaçado de extinção na sociedade, pois a criança tinha-se tornado vítima involuntária de um stress avassalador, proveniente de rápida e confusa mudança social, tendo-se transformado em um ser apressado, portador de distúrbios comportamentais e emocionais. Se essa era a visão de estilo de vida de alguns anos atrás, o que pensar das crianças de nossa sociedade atual? [...]

Estes documentos podem interessar a você

Depressão infantil no contexto escolar

 Psicologia e letras   |  Psicologia   |  Estudo   |  04/10/2008   |  BR   |   .doc   |   40 páginas

Mais Vendidos educação

Brincadeiras e jogos na educação infantil

 Sociedade   |  Educação   |  Estudo dirigido   |  27/07/2007   |  BR   |   .doc   |   26 páginas

O brincar na educação infantil

 Sociedade   |  Educação   |  Dissertação   |  01/04/2008   |  BR   |   .doc   |   14 páginas